Gilvan Maq-Peças

Gilvan Maq-Peças
Tobias Barreto - Sergipe

TOCA DO ÍNDIO

TOCA DO ÍNDIO
DISTRIBUIDORA DE BEBIDAS

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

LEI DO ACOMPANHANTE: Pai é barrado do nascimento da filha e denuncia hospital; veja cena

O estudante Gabriel Alves, 22 anos, foi impedido de acompanhar o parto da esposa e postou um vídeo na internet mostrando sua batalha para conseguir acompanhá-la depois do nascimento da filha do casal. O caso foi na madrugada de terça-feira no hospital Sociedade Portuguesa de Beneficência, em Campos dos Goytacazes, no Rio de Janeiro.
Pai foi barrado do nascimento da filha (Foto: Reprodução)
Por conta da situação, Gabriel registrou boletim de ocorrência contra o hospital. Ele citou a Lei do Acompanhante, de 2005, que garante que a gestante tem direito a ter companhia de alguém que escolha durante pré-parto, parto e pós-parto. “Eu não consegui assistir ao nascimento de minha filha. Eu não estava lá. Fui impedido pelo hospital de estar presente em um momento tão importante”, contou o pai ao blog Maternar, da Folha Online.
No vídeo divulgado, Gabriel aparece tentando convencer uma funcionária do hospital a deixá-lo ficar junto da mulher, após o parto. A funcionária alega que o local não tem estrutura para que os pais fiquem de acompanhantes e que apenas segue ordens da direção. Depois de insistir, fazer o B.O. e levar policias até o hospital, ele conseguiu ir para a sala onde a esposa estava.
“Fui humilhado pela médica. Era madrugada e ela acordou a todas as mulheres pra dizer que elas seriam constrangidas pela minha presença. E que se elas quisessem que aquilo virasse uma bagunça, que poderiam ligar para seus maridos também", lembra o estudante. Ele nega que houve alguma situação de constrangimento, pois havia apenas mulheres amamentando, o que pode acontecer em público. Também criticou o hospital pela falta de estrutura.
No dia seguinte, Gabriel e a mulher foram levados até um outro quarto, em péssimas condições, segundo ele.
O hospital informou que está tomando as "devidas providências" sobre o caso.
Assista:
(redacao@correio24horas.com.br)

Nenhum comentário:

NA ESTRADA DA VIDA

Aprendi que não posso exigir o amor de ninguém...
Posso apenas dar boas razões para que gostem de mim...
E ter paciência para que a vida faça o resto...

AS MAIS COMPARTILHADAS NA REDE

AS MAIS LIDAS DA SEMANA