Seguidores Vip

SEGUIDORES VIP

sábado, 20 de fevereiro de 2016

Com nocaute surpresa, Royce bate Shamrock em duelo polêmico nos EUA

Por Direto de Houston, EUA
A trilogia dos veteranos Royce Gracie e Ken Shamrock acabou de uma forma que pouca gente imaginou: com o brasileiro nocauteando o adversário aos 2m22s do primeiro round. O duelo, que aconteceu na luta principal do Bellator 149, em Houston, nesta sexta-feira, e contou até com Mike Tyson na plateia, também teve controvérsia, e o americano fez questão de reclamar muito de uma joelhada não intencional de Gracie, que teria atingido suas partes íntimas antes da finalização do duelo.
Royce Gracie; Bellator 149 (Foto: Divulgação Bellator MMA)Royce Gracie comemora primeiro nocaute da carreira no Bellator 149 (Foto: Divulgação Bellator MMA)

Ainda no cage, Royce tratou de abafar a polêmica:

- Eu sou um lutador. Estou aqui para lutar. Nós viemos desde os primórdios do esporte, quando não existiam golpes baixos, divisão de peso ou regras - declarou, sendo muito aplaudido pelo público presente.

- Estou desapontado, vim aqui para lutar e iria até o final. Não sei o que dizer - declarou um irritado Shamrock, que tentou até ir para cima de Royce ao final do combate, sendo separado pelos seguranças.

O duelo desta sexta coloca um fim à rivalidade que se iniciou há 23 anos, quando os dois lutadores se encontraram no cage do UFC 1. Os veteranos, que são ambos considerados lendas do esporte, iniciaram o combate desta sexta se respeitando bastante. Royce, que entrou na arena vestindo a calça do tradicional quimono, foi o primeiro a se arriscar, tentando medir a distância com chutes altos e baixos. Após um período de estudo, Shamrock tentou ir para cima de Royce, mas o brasileiro se esquivou. Os dois trocaram joelhadas, com uma delas conectando a lateral da cabeça do americano. Gracie, então, fez o que sabe fazer de melhor e levou a luta para o chão, mas acabou nocauteando o adversário com alguns socos, até a interrupção do árbitro. Este foi o primeiro triunfo por nocaute da carreira da lenda Royce Gracie, notabilizado pelas finalizações.

Kimbo Slice  nocauteia Dada 5000 em combate constrangedor
No duelo mais constrangedor do card desta sexta, que reuniu um ex-segurança de celebridades pornô, famoso na internet pelas brigas de rua, e um organizador de combates clandestinos com apenas duas lutas no MMA profissional, a falta de técnica e de ação foram as marcas registradas. Slice levou a melhor, e conseguiu nocautear o adversário aos 1m32s do terceiro round, que mais parecia ter sido disputado em câmera lenta. 
Kimbo Slice; Dada 5000; Bellator 149 (Foto: Divulgação Bellator MMA)Kimbo Slice nocauteia Dada 5000 no Bellator 149 (Foto: Divulgação Bellator MMA)


Logo no início do duelo, Slice acertou primeiro, mas Dada não recuou e foi para cima do adversário, que acabou conseguindo a queda, ficando por cima. O estreante tentou se defender como pôde: rolou para um lado, rolou para o outro, deixou Kimbo conseguir a montada, porém, sem ação no chão, o combate acabou voltando em pé. O árbitro “Big” John McCarthy, aliás, foi quem teve mais trabalho durante a luta, pois precisou interromper os atletas repetidas vezes por falta de ação.

A mesma cena se repetiu no segundo round, que começou com um Slice exausto. Sem saber como tirar vantagem do cansaço do rival, Dada acabou recuando para a grade, deixando o rival conseguir nova queda. Já no chão, Dada mal se defendia, demonstrando bastante cansaço, o que levou a torcida a vaiar novamente o combate. O estreante, aliás, mal conseguia se levantar a cada nova interrupção do árbitro.

Ainda assim, os atletas sobreviveram até o último round, apesar de parecer que eles mal se aguentavam em pé. Percebendo que Dada não conseguia respirar direito, Kimbo buscou o fôlego e conseguiu interromper o duelo, após acertar seguidas combinações de socos no adversário, que caiu desacordado no tatame. Dada, aliás, saiu da arena carregado em uma maca, após receber oxigênio e soro ainda dentro do cage.

- Ainda estou vencendo, faminto, queria ter vencido de uma forma diferente, mas trabalho duro se paga - declarou Kimbo ao final do duelo, sendo bastante vaiado pelo público presente.

Com a vitória deste sábado, ele chega a seis vitórias e duas derrotas na carreira e engata seu segundo triunfo seguido no Bellator.

Derek Campos nocauteia Melvin Guillard no segundo round

Não deu para Melvin Guillard. O ex-UFC, que acabou derrotado em sua estreia no Bellator, em agosto do ano passado, voltou a amargar o gosto de um revés ao ser nocauteado por Derek Campos, aos 32s do segundo round. Com ambos os protagonistas vindo de duas derrotas seguidas, o combate começou intenso. Logo após o soar do gongo, Guillard e Campos caíram para a trocação franca, conectando golpes fortes, mas Campos acabou encurralando Guillard na grade, conseguindo levar a luta para o chão. “The Stallion” continuou trabalhando no ground and pound por um tempo. Guillard, porém conseguiu se levantar, já próximo do fim do assalto, e o duelo voltou em pé, após um período de estudo. No segundo round, Campos continuou com a mesma estratégia e, após encurralar o “Jovem Assassino” novamente na grade, conectou uma série de socos, finalizando com um gancho de esquerda que levou o oponente à lona. 
Melvin Guillard; Derek Campos; Bellator 149 (Foto: Divulgação Bellator MMA)Derek Campos comemora vitória sobre Melvin Guillard no Bellator 149 (Foto: Divulgação Bellator MMA)


Com a vitória desta sexta. Campos chega a 16 vitórias e seis derrotas na carreira , enquanto Guillard amarga apenas três vitórias em suas últimas 10 lutas.

Confira os resultados completos:

Bellator 149
Toyota Center, Houston, Texas, EUA
19 de fevereiro de 2016
CARD PRINCIPAL
Royce Gracie venceu Ken Shamrock por nocaute aos 2m22s do R1 
Kimbo Slice venceu Dada 5000 por nocaute aos 1m32s do R3
Derek Campos venceu Melvin Guillard por nocaute aos 32s do R2
Linton Vassell venceu Emanuel Newton na decisão unânime (29x27, 29x27, 30x26)
Emmanuel Sanchez venceu Daniel Pineda na decisão dividida (28x29, 29x27, 29x28)

CARD PRELIMINAR
Isaac Villanueva venceu Richard Knepp por nocaute aos 42s do R1
Jeremy Mahon venceu Davis Silvester por nocaute aos 4m22s do R2
Jason Langellier venceu Anthony Ivy por finalização aos 2m09s do R1
Adrian Yanez venceu na decisão unânime Ryan Hollis (29x28, 29x28, 29x28)
Justin Wren venceu Juan Torres na decisão unânime (30x27, 30x27, 30x27)
Mike Trinh venceu Angel Zamora por finalização aos 3m49s do R1
Cj Hancock venceu Ruben Esparza por finalização aos 1m26 do R3
Manny Lozoya venceu Jake Norsworthy por finalização aos 2m33s do R1
Postar um comentário

NA ESTRADA DA VIDA

Aprendi que não posso exigir o amor de ninguém...
Posso apenas dar boas razões para que gostem de mim...
E ter paciência para que a vida faça o resto...

FRAM MARQUES

Minha foto

MINHA PÁGINA:

MEU GRUPO: 

MEU SITE:

SIMPLES ASSIM...

HOJE APRENDI QUE VIVER É SER LIVRE, QUE TER AMIGOS É NECESSÁRIO, APRENDI QUE O TEMPO CURA, QUE LUTAR É MANTER-SE VIVO, QUE DECEPÇÃO NÃO MATA, QUE HOJE É REFLEXO DO ONTEM, QUE VERDADEIROS AMIGOS PERMANECEM QUE A DOR FORTALECE, QUE A BELEZA NÃO ESTA NO QUE TEMOS, MAS SIM NO QUE SENTIMOS! , E QUE O SEGREDO DA VIDA É VIVER,

LUTE, SONHE, PERDOE, CONQUISTE CADA SEGUNDO, POIS,
NA VIDA NÃO HÁ RETORNOS:
SÓ RECORDAÇÃO.

SE ALGUM DIA ALGUÉM LHE DISSER QUE SEU TRABALHO NÃO É DE UM PROFISSIONAL, LEMBRE-SE:
AMADORES CONSTRUÍRAM A ARCA DE NOÉ E PROFISSIONAIS CONSTRUÍRAM O TITANIC.
PORTANTO, ANTES DE RECLAMAR, LEMBRE-SE, NÃO SOU PERFEITO, MAS PROCURO A PERFEIÇÃO.




FRAM MARQUES

AS MAIS COMPARTILHADAS NA REDE

AS MAIS LIDAS DA SEMANA