Seguidores Vip

SEGUIDORES VIP

Gilvan Maq-Peças

Gilvan Maq-Peças
Tobias Barreto - Sergipe

TOCA DO ÍNDIO

TOCA DO ÍNDIO
DISTRIBUIDORA DE BEBIDAS

sexta-feira, 22 de maio de 2015

Dez jogadores que seu time não soube aproveitar

Roberto Firmino foi um dos destaque da série B em 2010 / Divulgação
Roberto Firmino foi um dos destaque da série B em 2010 / Divulgação
Roberto Firmino era um desconhecido até Dunga o chamar para a seleção brasileira, em novembro de 2014. Em seu segundo jogo pelo time nacional, fez um golaço, o da vitória por 2 x 1 sobre a Austria, e saiu da penumbra.
A impressão que fica é a de que Firmino ‘nasceu’ para o futebol na Alemanha, onde joga há quatro anos, pelo Hoffenheim. Mas não é bem por aí.
Entre 2009 e 2010, o meia atuou pelo Figueirense. Ainda em 2010, foi levado para a Alemanha e hoje é um dos jogadores mais cobiçados do futebol europeu. E titular de Dunga.
Assim como Firmino, outros tantos jovens jogadores deixaram o Brasil cedo, sem fincar bandeira num clube daqui. Só uma pequena fatia desses emigrantes, no entanto, consegue o sucesso na nata do futebol mundial.
A seguir, lembramos dez nomes pouco, ou nada, aproveitados por clubes brasileiros, mas que se consolidaram longe daqui.
Deco: Depois de passar pelas categorias de base do Nacional-SP, Deco foi tentar a sorte no Corinthians. Pelo time alvinegro, foram míseros dois jogos, em 1996. Um ano depois, estava de partida para Portugal. Passou por Alverca e Salgueiros até chegar ao Porto, em 1999, onde virou ídolo. Jogou ainda no Barcelona, numa das fases mais prolíficas do clube, Chelsea e Fluminense. Naturalizou-se português e jogou a Copa do Mundo de 2006.
Deco jogou pouco pelo Corinthians em 1996 / Divulgação
Deco jogou pouco pelo Corinthians em 1996 / Divulgação
Dante: Um dos melhores zagueiros do futebol alemão passou, sim, pelo Brasil. Em 2001, ele assinou com o Juventude, onde ficou até 2004, quando foi para o Lille. De lá, Dante passou por Charleroi, Standard Liège, Borussia Monchengladbach e, finalmente, Bayern de Munique. Esteve na Copa de 2014 como reserva de Thiago Silva e David Luiz.
Marquinhos: Em 2012, quando apareceu no time de cima do Corinthians, Marquinhos já era tratado como uma joia rara. No Brasileiro daquele ano, fez poucos jogos e não comprometeu. Foi reserva também na conquista da Libertadores, mas, pouco depois, foi contratado pela Roma. Em apenas uma temporada pelo time italiano, Marquinhos já era um dos mais zagueiros mais badalados da Europa, e isso com apenas 18 anos. Em 2013, o Barcelona tentou a todo custo contratá-lo, mas foi o PSG que o levou. Depois da Copa de 2014, tornou-se nome certo nas listas de Dunga.
Filipe Luis: Cria do Figueirense, ficou no clube por apenas um ano. Em 2004, era contratado pelo Ajax, onde também teve poucas chances. No mesmo ano, Filipe ia para o Real Madrid B. Antes mesmo de jogar pelo time de cima, acabou fechando com o La Coruña, onde iniciou sua trajetória de sucesso na Europa. Depois de quatro anos na Galícia, assinou com o Atlético de Madri. Hoje, é reserva do Chelsea e um dos preferidos de Dunga na seleção.
Rafael: Com apenas 15 anos, Rafael foi disputar um torneio com o time juvenil do Fluminense na Inglaterra, e por lá ficou. Alex Ferguson, então técnico do Manchester United, gostou tanto do que viu que pediu a contratação do lateral e de seu irmão gêmeo, Fabio. Pelo United, Rafael já ganhou tudo: Campeonato Inglês, Liga dos Campeões e Mundial de Clubes. Em 2012, foi prata nas Olimpíadas de Londres.
Hulk: Em 2004, um ainda magricela Hulk tentava a sorte pelo Vitória, Longe de agradar, ele se transferiu no mesmo ano para o Japão, onde ficou até 2008, quando acertou com o Porto. Há três anos, Hulk custou a ‘bagatela’ de 50 milhões de euros ao Zenit. Famoso por seu forte chute de canhota, Hulk foi titular na Copa de 2014.
Hulk passou batido pelo Vitória / Divulgação
Hulk passou batido pelo Vitória / Divulgação
Wallace: O Cruzeiro campeão brasileiro de 2013 contou, ainda que em poucas oportunidades, com o futebol de Wallace. reserva daquela equipe, foi vendido ao Braga, que o repassou ao Monaco em 2014. No Principado, ele ganhou envergadura: hoje, é titular do time que, surpreendentemente, chegou às quartas da Liga dos Campeões. Aos 20 anos, tem sido convocado por Gallo para a seleção olímpica.
Maxwell: Em 2001, Maxwell passou rapidamente pelo Cruzeiro, mas, no mesmo ano, fechou com o Ajax. Em pouco tempo, o lateral esquerdo virou titular do time de Amsterdã, que, à época, tinha Van der Vaart, Sneijder e Ibrahimovic. Depois de cinco anos na Holanda, Maxwell migrou para Inter de Milão, Barcelona e, desde 2011, PSG. Em 2014, esteve no grupo da seleção brasileira que disputou a Copa.
Maxwell jogou no Cruzeiro por um ano / Divulgação
Maxwell jogou no Cruzeiro por um ano / Divulgação
David Luiz: Aos 13 anos, David Luiz foi dispensado pelo São Paulo por ser ‘muito baixo’ para um zagueiro. Pouco depois, foi para o Vitória, onde jogou apenas um ano como profissional. Em 2007, ele deixava o Brasil para jogar pelo Benfica, onde é respeitado até os dias de hoje. Passou também pelo Chelsea, onde foi campeão da Champions em 2011/2012, até assinar com o PSG, em julho último. Titular da seleção, fez dois gols na Copa de 2014.
Roberto Firmino: Antes de voar para a Alemanha, Firmino deixou sua marca no Brasil. Em 2010, com a camisa do Figueirense, foi considerado um dos principais talentos da série B do Brasileiro. Após duas boas temporadas na Bundesliga, Firmino foi premiado com uma convocação para a seleção, em 2014. Depois do gol contra o Chile, no último domingo, o meia de 23 passou a ser sondado por clubes ingleses.
FONTE:
Placar
Postar um comentário

NA ESTRADA DA VIDA

Aprendi que não posso exigir o amor de ninguém...
Posso apenas dar boas razões para que gostem de mim...
E ter paciência para que a vida faça o resto...

FRAM MARQUES

Minha foto

MINHA PÁGINA:

MEU GRUPO: 

MEU SITE:

SIMPLES ASSIM...

HOJE APRENDI QUE VIVER É SER LIVRE, QUE TER AMIGOS É NECESSÁRIO, APRENDI QUE O TEMPO CURA, QUE LUTAR É MANTER-SE VIVO, QUE DECEPÇÃO NÃO MATA, QUE HOJE É REFLEXO DO ONTEM, QUE VERDADEIROS AMIGOS PERMANECEM QUE A DOR FORTALECE, QUE A BELEZA NÃO ESTA NO QUE TEMOS, MAS SIM NO QUE SENTIMOS! , E QUE O SEGREDO DA VIDA É VIVER,

LUTE, SONHE, PERDOE, CONQUISTE CADA SEGUNDO, POIS,
NA VIDA NÃO HÁ RETORNOS:
SÓ RECORDAÇÃO.

SE ALGUM DIA ALGUÉM LHE DISSER QUE SEU TRABALHO NÃO É DE UM PROFISSIONAL, LEMBRE-SE:
AMADORES CONSTRUÍRAM A ARCA DE NOÉ E PROFISSIONAIS CONSTRUÍRAM O TITANIC.
PORTANTO, ANTES DE RECLAMAR, LEMBRE-SE, NÃO SOU PERFEITO, MAS PROCURO A PERFEIÇÃO.




FRAM MARQUES

AS MAIS COMPARTILHADAS NA REDE

AS MAIS LIDAS DA SEMANA