Gilvan Maq-Peças

Gilvan Maq-Peças
Tobias Barreto - Sergipe

TOCA DO ÍNDIO

TOCA DO ÍNDIO
DISTRIBUIDORA DE BEBIDAS

quarta-feira, 3 de abril de 2019

"RAIO X" DA CONMEBOL COPA AMÉRICA BRASIL 2019 - DOCUMENTÁRIO "FRAM MARQUES"

Argentinaargentina
A seleção argentina chega à CONMEBOL Copa América Brasil 2019 buscando alcançar os uruguaios (15 títulos) em troféus conquistados. Além dos 14 títulos, os argentinos detêm marcas expressivas e históricas no torneio: são os maiores goleadores com um total de 455 gols marcados e a maior goleada em um 12 x 0 contra o Equador, em 1942. O país já recebeu a competição em nove oportunidades.
A grande expectativa da seleção é contar com o craque Lionel Messi (Barcelona), eleito quatro vezes melhor do mundo, mas que nunca conquistou uma CONMEBOL Copa América. Foi vice-campeão nas duas últimas edições, em 2015 e 2016.

Bolívia

bolivia
O mais importante título da história da “La Verde” (“a verde”) foi a CONMEBOL Copa América de 1963, competição disputada na Bolívia. A seleção boliviana participou três vezes de uma Copa do Mundo FIFA: foi convidada em 1930 e 1950, e se classificou em 1994, quando foi eliminada ainda na primeira fase.
Treinada pelo venezuelano César Farías, a Bolívia aposta nos gols de Marcelo Moreno (Wuhan Zall), nome conhecido dos brasileiros, com passagem em times como Cruzeiro, Flamengo e Grêmio, para tentar surpreender no Brasil.

Brasil

brasil
Ao longo da história, o Brasil consagrou-se campeão em todas as quatro vezes
em que foi sede de uma edição do torneio –1919, 1922, 1949 e 1989.
Com oito títulos conquistados – sendo o
último em 2007 – a Seleção Brasileira é a recordista de gols em uma única edição da
CONMEBOL Copa América, com os 46 marcados em 1949.
Tite, técnico que levou a Seleção às quartas de final da Copa do Mundo FIFA 2018, continua à frente da equipe, que tem em Neymar, astro do PSG, a sua maior estrela.

Catar

catar
Única estreante na CONMEBOL Copa América 2019, a seleção do Catar não possui nenhum título em
sua história. O país será sede da próxima Copa do Mundo FIFA e, por isso, está
automaticamente classificado para disputar seu primeiro Mundial. O elenco atual é
comandado pelo espanhol Félix Sánchez Blás, ex-treinador das categorias de base do
Barcelona.

Chile

chile
Conhecida como “La Roja” (“a vermelha”), a seleção chilena é a atual bicampeã
da CONMEBOL Copa América, tendo levantado o troféu em suas últimas duas
edições (2015 e 2016), seus dois únicos títulos na competição.
Treinada por Reinaldo Rueda, Chile tem grandes referências como Claudio Bravo,
Arturo Vidal e Alexis Sánchez.

Colômbia

21-06-2015-copa-america-2015-colombia-x-peru-jogo-val
A seleção colombiana levantou o troféu da CONMEBOL Copa América uma única vez,
em 2001, em competição disputada em seu país. Na última edição, em 2016, depois
de ser eliminada pelo campeão Chile nas semifinais, conquistou o terceiro lugar com
vitória sobre os Estados Unidos. Os colombianos têm seis participações em Copas do
Mundo FIFA e seus melhores resultados foram três eliminações nas oitavas de final.
James Rodríguez, melhor jogador da Copa do Mundo da FIFA 2014, Falcão García e
Juan Cuadrado são as principais estrelas dessa seleção.

Equador

ecuador
A maior conquista da seleção equatoriana foi a medalha de ouro nos Jogos Pan-americanos Rio 2007. Na história da CONMEBOL Copa América, seu maior feito foi o quarto lugar em 1993, quando sediou a competição pela terceira vez.
O futebol equatoriano mostrou evolução a partir das duas últimas décadas, com a conquista de bons resultados internacionais tanto por clubes quanto pela seleção. Nesse período, foram três classificações para a Copa do Mundo FIFA, em 2002, 2006 e 2014.
No elenco atual, comandado pelo ex-jogador colombiano Hernán Gómez, destaque para Antonio Valencia, que defende o Manchester United desde 2009.

Japão

japon
A seleção japonesa é uma das mais tradicionais seleções da Ásia, sendo a maior campeã do continente com quatro títulos. O país foi sede da Copa do Mundo FIFA 2002, juntamente com a Coreia do Sul, quando avançou até as oitavas de final. Sua principal campanha foi na última Copa do Mundo FIFA, na Rússia, quando também caiu nas oitavas de final para a Bélgica, mesmo após estar vencendo por 2 x 0.
O elenco atual conta com jogadores que disputam
importantes competições europeias, como Maya Yoshida e Yuya Osako.
Esta será a segunda participação dos japoneses em uma CONMEBOL Copa América. Em 1999, no Paraguai, foram eliminados ainda na primeira fase.

Paraguai

paraguai
A seleção paraguaia levantou duas vezes o troféu da CONMEBOL Copa América, em 1953 e 1979. As duas conquistas, juntamente com a medalha de prata nos Jogos Olímpicos Atenas 2004, são os maiores feitos dos paraguaios.
Em 1999, o país foi sede da CONMEBOL Copa América, quando chegou às quartas de final. Em Copas do Mundo FIFA foram oito participações, sendo o melhor resultado as quartas de final na África do Sul, em 2010.
A seleção atual conta com jogadores como Ángel Romero, Derlis
González e o recentemente transferido a Primeira Liga, Miguel Almirón. O treinador é
o colombiano Juan Carlos Osorio, que comandou a seleção mexicana na última Copa
do Mundo da FIFA.

Peru

peru
As duas maiores conquistas da seleção peruana foram as edições de 1939 e 1975 da CONMEBOL Copa América. Nas duas últimas edições, em 2015 e 2016, o time comandando por Ricardo Gareca ficou com o terceiro lugar.
A fase da seleção peruana é positiva. Nas últimas eliminatórias para a Copa do Mundo FIFA conquistou a sonhada vaga após 36 anos de ausência.
Os peruanos contam com nomes conhecidos do futebol
brasileiro, como Christian Cueva, Miguel Trauco e, principalmente, Paolo Guerrero.
Guerrero, aliás, é o maior artilheiro da história da seleção com 37 gols, sendo artilheiro
em duas edições da CONMEBOL Copa América (2011 e 2015).

Uruguai

uruguay
A Celeste Olímpica é a maior vencedora da CONMEBOL Copa América, com 15 títulos. O último troféu foi levantado em 2011, na Argentina, com a vitória de 3 a 0 sobre o Paraguai.
Comandado por Óscar
Tabárez desde 2006, o Uruguai aposta na força do seu ataque, com a poderosa dupla
formada por Luis Suárez e Edinson Cavani. Na última Copa do Mundo FIFA, os
uruguaios foram eliminados nas quartas de final.

Venezuela

18-06-2015-copa-america-2015-peru-x-venezuela-jogo-val
Apelidada de “seleção vinho tinto”,
devido a cor de seu uniforme titular, a Venezuela mostra evolução no seu futebol a
partir dos anos 2000, adicionando técnica e organização. Também pode-se destacar o
vice-campeonato no Mundial Sub-20, disputado na Coreia do Sul em 2017.
Em 2007, o país sediou pela primeira e única vez a CONMEBOL Copa América, terminando na sexta colocação. Seu melhor resultado no torneio foi o quarto lugar alcançado na edição de 2011, na Argentina.
Treinada por Rafael Dudamel, a Venezuela aposta em nomes que atuam em grandes competições internacionais, como Salomón Rondón (Newcastle United), Darwin Machís (Udinese) e Tomás Rincón (Torino) para tentar surpreender no Brasil.


Pesquisa com informações da
http://copaamerica.com

Nenhum comentário:

NA ESTRADA DA VIDA

Aprendi que não posso exigir o amor de ninguém...
Posso apenas dar boas razões para que gostem de mim...
E ter paciência para que a vida faça o resto...

AS MAIS COMPARTILHADAS NA REDE

AS MAIS LIDAS DA SEMANA