Seguidores Vip

SEGUIDORES VIP

sexta-feira, 16 de setembro de 2016

Santos acusa árbitro de jogo contra o Inter de fraudar súmula e quer punição

A atuação do árbitro Rodrigo Batista Raposo na derrota do Santos por 2 a 1 para o Internacional, no último dia 9, no Beira Rio, ainda rende. O presidente do Peixe, Modesto Roma Júnior, entregou na última quarta-feira ao presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, um documento no qual o clube acusa o juiz de fraudar a súmula da partida do Campeonato Brasileiro.
A reclamação do Alvinegro é referente à expulsão do meia Lucas Lima, ainda no primeiro tempo do confronto. O camisa 10 santista recebeu dois cartões amarelos, que resultaram no vermelho, pelo mesmo motivo, segundo Rodrigo Batista Raposo: por retardar o reinício da partida (primeiro em uma falta no meio de campo e depois em um escanteio). 
Internacional x Santos Ricardo Oliveira Lucas Lima (Foto: Pedro H. Tesch/Eleven/Estadão Conteúdo)Ricardo Oliveira retira Lucas Lima de campo no Beira Rio (Foto: Pedro H. Tesch/Eleven/Estadão Conteúdo)
No documento entregue à CBF e à comissão de arbitragem da Confederação Brasileira de Futebol, o Peixe alega que o que foi relatado por Rodrigo Batista Raposo na súmula "não corresponde à realidade do ocorrido". 
Depois de dissecar os lances em que Lucas Lima recebeu o cartão amarelo, argumentando que em nenhuma das duas ocasiões houve tentativa de retardar o reinício da partida, o Alvinegro acusa o juiz de fraudar a súmula:
"O árbitro não só agiu de maneira abusiva com vários atletas da equipe do Santos F.C., como também pretendia determinar quem deveria ser o cobrador de faltas e escanteios por parte da equipe visitante. Além disso, fraudou a súmula, ao tentar justificar sua abusiva conduta com relatos distantes da realidade", disse, no documento.
A principal alegação da diretoria do Santos é de que Lucas Lima, no lance em que foi expulso, faria uma jogada ensaiada, tanto que, antes de se afastar da cobrança de escanteio, aponta para Vitor Bueno, que cruzaria na área. Por isso, segundo o clube, Rodrigo Batista Raposo não poderia ter aplicado o cartão vermelho ao meia. 
Depois de apresentar seus argumentos, o Peixe pede punição ao árbitro da partida contra o Internacional, de acordo dois artigos do CBJD (Código Brasileiro de Justiça Desportiva): 
Art. 266. Deixar de relatar as ocorrências disciplinares da partida, prova ou equivalente, ou fazê-lo de modo a impossibilitar ou dificultar a punição de infratores, deturpar os fatos ocorridos ou fazer constar fatos que não tenha presenciado. PENA: suspensão de trinta a trezentos e sessenta dias, cumulada ou não com multa, de R$ 100,00 (cem reais) a R$ 1.000,00 (mil reais). (NR).
Art. 273. Praticar atos com excesso ou abuso de autoridade. PENA: suspensão de quinze a cento e oitenta dias, cumulada ou não com multa, de R$ 100,00 (cem reais) a R$ 1.000,00 (mil reais). (NR). (destaques nossos)
Na rodada seguinte ao confronto entre Santos e Internacional, Rodrigo Batista Raposo seria o quarto árbitro de Ponte Preta e América-MG, mas foi retirado da escala. 
Por Santos, SP
Postar um comentário

NA ESTRADA DA VIDA

Aprendi que não posso exigir o amor de ninguém...
Posso apenas dar boas razões para que gostem de mim...
E ter paciência para que a vida faça o resto...

FRAM MARQUES

Minha foto

MINHA PÁGINA:

MEU GRUPO: 

MEU SITE:

SIMPLES ASSIM...

HOJE APRENDI QUE VIVER É SER LIVRE, QUE TER AMIGOS É NECESSÁRIO, APRENDI QUE O TEMPO CURA, QUE LUTAR É MANTER-SE VIVO, QUE DECEPÇÃO NÃO MATA, QUE HOJE É REFLEXO DO ONTEM, QUE VERDADEIROS AMIGOS PERMANECEM QUE A DOR FORTALECE, QUE A BELEZA NÃO ESTA NO QUE TEMOS, MAS SIM NO QUE SENTIMOS! , E QUE O SEGREDO DA VIDA É VIVER,

LUTE, SONHE, PERDOE, CONQUISTE CADA SEGUNDO, POIS,
NA VIDA NÃO HÁ RETORNOS:
SÓ RECORDAÇÃO.

SE ALGUM DIA ALGUÉM LHE DISSER QUE SEU TRABALHO NÃO É DE UM PROFISSIONAL, LEMBRE-SE:
AMADORES CONSTRUÍRAM A ARCA DE NOÉ E PROFISSIONAIS CONSTRUÍRAM O TITANIC.
PORTANTO, ANTES DE RECLAMAR, LEMBRE-SE, NÃO SOU PERFEITO, MAS PROCURO A PERFEIÇÃO.




FRAM MARQUES

AS MAIS COMPARTILHADAS NA REDE

AS MAIS LIDAS DA SEMANA