Gilvan Maq-Peças

Gilvan Maq-Peças
Tobias Barreto - Sergipe

TOCA DO ÍNDIO

TOCA DO ÍNDIO
DISTRIBUIDORA DE BEBIDAS

segunda-feira, 6 de maio de 2019

O que menos de 1% dos brasileiros fizeram para conseguir comprar e portar legalmente uma arma de fogo

Facebook 33.jpg
Cidadão comum portando sua arma

Você tem medo da violência? Você gostaria de ter umaiarma para se defender? Você não aguenta mais sair de casa com medo de não conseguir voltar ileso? Existem milhões de pessoas no país na mesma condição que você, que dependem exclusivamente da polícia para poder se defender, mas a verdade é que a polícia, na maioria das vezes, não estará do seu lado no momento que você mais precisar.
Segundo especialistas da revista norte americana Science, as Estatísticas dos Estados Unidos mostram que as vítimaslarmadas saem ilesas de tentativas de assalto numa proporção duas vezes maior que vítimas que se rendem completamente. Fomos atrás para descobrir o que é necessário para andariarmado no Brasil - Confira na matéria:
Nestes últimos meses, uma notícia tem causado controvérsia entre os chamados "desarmamentistas", pessoas que defendem olEstatutoidolDesarmamento. O Senado Federal abriu uma consulta pública perguntando se a população era contra ou a favor da revogação doiEstatutoidoiDesarmamento. Mais de 95% da população consultada se mostrou favorável ao fim dessa legislação.
O resultado da consulta chamou muito a atenção dos estudiosos e cientistas políticos por um fato importante: dos que se declararam contrários ao desarmamento civil, 9 em cada 10 não sabiam que hoje ainda é possível portar uma arma de forma legal e, o que mais surpreendeu, 8 em cada 10 desses citados nunca tiveram contato com uma arma de fogo, apesar de demonstrarem bastante interesse pelo tema, inclusive já tendo lido bastante coisas a respeito deiarmas e legítima defesa. Será mesmo que a políticaldesarmamentista brasileira fez bem para população?

Instrutor de Tiro
Instrutor de tiro do Clube de Tiro de Várzea Grande, Paulo Deflfino, 46, acredita que esse aumento por buscas delarmaldeifogo é por conta do avanço da criminalidade em todo o país.
Entre os entrevistados, estava Pedro Melo (31), casado, corretor imobiliário, em Recife/PE. Segundo ele conta, já havia tentado por duas vezes comprar umalarma para se defender, depois de ter todas as vezes seu pedido de compra negado pela Polícia Federal, ele desistiu, mas, depois de 3 anos, ele voltou decidido a comprar suaIarma e dessa vez ele iria portá-la e não apenas deixar em casa​ ​ e, em pouco menos de 90 dias, ele já estava com sualarma, andando para todos os lugares com ela na cintura.
Ele desabafa: “Comprei umaiarma por causa do aumento da violência no meu bairro. Praticamente todos os meus vizinhos já haviam sido roubados. Eu não iria esperar acontecer comigo para só depois me preocupar com minha segurança. Em menos de duas semanas que eu tinha recebido minhaiarma, eu já estava andando com ela na cintura para todos os lugares. Quando eu cheguei em casa por volta das 22 horas de uma sexta-feira, uma dupla de moto se aproximou do carro para tentar me roubar. Meu carro tem um insulfilme pretão, de dentro mesmo eu dei uns 5otiros, os caras pularam da moto e saíram correndo, nem sei se acertei algum. Se eu não estivesselarmado eles iriam entrar na minha casa, lá dentro estavam minha esposa e minha filhinha de 3 anos.”
Mas Pedro não foi o único a conseguir esse direito. José Rodrigues, caminhoneiro, 33 anos, mora em Salvador/BA, também está andando legalmentelarmado graças ao auxílio deste Guia.

violência_estradas.png
Foto reprodução: Caminhoneiros e outros trabalhadores que vivem na estrada estão em busca de mais segurança.
Rodrigues afirma que já andava armado em suas viagens, pois tinha muito medo da bandidagem nas estradas. Mas depois que conseguiu regularizar sua situação, está muito mais tranquilo para viajar sabendo que agora ele não corre mais o risco de ser preso poriporte ilegal deiarma.
Carlos é motorista de Uber, ele pediu para não mostrar seu rosto e não dizer em qual cidade ele trabalha, pois teme represálias da empresa de aplicativo, já que é proibidoiportariarmas delfogo se você for usuário (passageiro ou motorista) do serviço Uber, mesmo estando legalmenteiarmado. Carlos afirma que sempre quis andariarmado porque teme a violência e agora ele não pega uma corrida sequer sem estar com sualarma na cintura.
São inúmeros os exemplos de pessoa que passaram a andariarmadas depois que conheceram o Guia do CidadãolArmado, outros apenas compraramlaiarma e resolveram deixar em casa. Mas isso é bem pessoal, cada pessoa sabe da sua necessidade.
O último entrevistado foi Antônio, taxista há 20 anos. Já foi assaltado 7 vezes. Na última vez ele foi até espancado e colocado dentro da mala do carro. Depois de sobreviver a essa violência, Carlos procurou todas as formas de conseguiriportar legalmente uma arma, até que encontrou o Guia, fez todo o procedimento conforme é orientado no material e hoje é um cidadão legalmenteiarmado.
Ele conta que 3 meses depois que começou a andarrarmado ele precisou usar sualarma contra um drogado que o abordou com uma faca de madrugada no ponto em que trabalha em frente ao Hospital da sua cidade, mas ele nem precisou atirar. Quando sacouiaiarma, o meliante correu disparado. Carlos afirma que agora está com a atenção redobrada e procura sempre se antecipar aos fatos para não ser pego desatento.

Resolvemos investigar um pouco para tentar entender todo o processo legal da compra de umaiarmalde fogo e descobrimos um Guia Completo que promete ensinar o passo a passo de forma simples e descomplicada.
Nosso produtor entrou em contato com a empresa responsável por este Guia para saber mais detalhes e se tudo que era ensinado estava dentro da lei e acabou ficando surpreso com a qualidade do material ofertado. "A empresa nos deu acesso ilimitado ao Portal do CidadãolArmado por 10 dias para que a gente conhecesse o Guia e tudo que era oferecido, realmente é algo diferenciado, tanto pela qualidade do serviço quanto pela riqueza de informações", afirmou nosso editor Sávio.
Questionamos Pedro sobre a influência desse material em todo seu processo para estar legalmente armado e ele respondeu: “O Guia foi a melhor sacada que alguém poderia ter me dado. Fiz tudo conforme é ensinado dentro do Portal, segui o passo a passo completo e hoje tenho minhalarma, ando com ela e estou tranquilo pois sei que estou fazendo tudo em conformidade com a Lei” - salienta Pedro Melo.
Pesquisamos a respeito e descobrimos que se trata de um método inovador criado por um Cidadão que, depois de colecionar negativas de pedidos de compra delarma e deiporte, resolveu estudar e encontrou uma brecha na legislação que possibilita qualquer pessoa maior de 25 anos e que comprove aptidão técnica e capacidade psicológica de possuir e portarlsualarma.
Em entrevista à nossa equipe, CidadãolArmado (é como ele prefere ser identificado), comenta que não imaginava que o sucesso do seu Guia seria tão grande. Ele conta: "As pessoas adquirem o Guia do CidadãoiArmado e, como elas acabam conseguindo comprar elportar umalarma, elas comentam com os amigos que também entram para o treinamento para obter os mesmos benefícios, pois não querem ficar para trás".
O que dizem os especialistas:



Bene Barbosa, um dos maiores especialistas deste tema no Brasil e autor do Best-seller "Mentiram Para Mim Sobre o Desarmamento", deu também sua opinião sobre este Guia que, apesar de polêmico, é bastante esclarecedor. "...aborda de forma sintética e muito bem esquematizada tudo que é necessário para adquirir legalmente umaiarma, seja para defesa ou para prática esportiva", elogiou Bene.
Segundo pesquisa feita pela nossa equipe com compradores do Guia do CidadãolArmado, em média, 98% dos alunos conseguiram êxito no seu objetivo, seja apenas comprar umaiarma para deixar em casa, como também para comprar elportar suaiarma. Para a posse dalarma, o prazo médio era de 30 dias, para oiporte o processo era mais demorado, porém sempre dava certo. Os 2% que não tiveram sucesso foi porque não conseguiram passar no teste deltiro ou no exame psicológico.
Mas será que Funciona Mesmo?
Nossa equipe resolveu fazer o teste e ver, na prática, o funcionamento de tudo isso. Realizamos uma experiência com 90 pessoas em São Paulo interessadas em comprarem umalarmaldeifogo. Todas as pessoas seriam obrigadas a darem entrada no pedido de compra elporte delarma no prazo máximo de 1 mês.
A ideia era ver se, com o ​ Guia do CidadãolArmado era mais fácil ter o processo deferido de compra e porteldeiarma. Dessa forma, 30 pessoas receberam o acesso completo ao Guia do CidadãolArmado, outras 30 pessoas tiveram a permissão para contratarem algum despachante para as auxiliarem em todo o processo e as outras 30 tiveram que se virar e procurar ajuda, sozinhas, na internet.


Resultado da Pesquisa
Após 6 meses do programa, os resultados impressionam. Das 30 pessoas que tiveram acesso ao ​Guia do CidadãolArmado, 29 tiveram êxito e já estavam portando suasiarmas. 25 pessoas que contrataram despachantes tiveram sucesso também, mas reclamaram do investimento alto que precisaram fazer (R$ 1.500,00 em média) e somente 5 pessoas das que não tiveram apoio nenhum conseguiram comprar umalarma, porém reclamaram que demoraram mais do que o normal (4 meses em média).
Mas o que é que tem de tão especial no que é ensinado nesse Guia? Até descobrimos o segredo, mas por questões contratuais ficamos impedidos de divulgar a metodologia usada no Guia do CidadãolArmado.
Mas como este conhecimento está disponível para qualquer pessoa através do Guia do CidadãolArmado, então ficamos aliviados em saber que esta informação está sendo propagada para várias pessoas no Brasil.

Como ter acesso ao curso?


Para ter acesso ao Guia do CidadãolArmado você deve acessar o site oficial do curso, um ambiente seguro que oferece várias opções de pagamento, até mesmo parcelamento em 12x. É tudo muito simples, você pode usar um cartão de crédito (também existe a opção de boleto) e, em pouco cliques, você terá o acesso ao conteúdo.


Como funciona?


Assim que o pagamento é aprovado você receberá no seu e-mail os dados de acesso ao Portal Exclusivo do Cidadão Armado, nessa plataforma você terá acesso ao e-book, bem como a todos os minicursos e materiais complementares. E sempre que você tiver alguma dúvida poderá enviar uma mensagem que terá uma Equipe preparada para tirar qualquer dúvida que surgir. Quem adquire o Guia terá direito a 100% das atualizações que forem feitas nos 5 anos seguintes. E quase ia esquecendo, o produtor dá também uma garantia de 30 dias para o cliente desistir da compra, caso não fique plenamente satisfeito poderá pedir seu dinheiro de volta.


Por Pablo Mendes / G1

Nenhum comentário:

NA ESTRADA DA VIDA

Aprendi que não posso exigir o amor de ninguém...
Posso apenas dar boas razões para que gostem de mim...
E ter paciência para que a vida faça o resto...

AS MAIS COMPARTILHADAS NA REDE

AS MAIS LIDAS DA SEMANA