Seguidores Vip

SEGUIDORES VIP

quarta-feira, 31 de maio de 2017

ENTROU, ERROU, TCHAU: Fábio estreia pelo Figueirense, falha em gol e deixa estádio de táxi no intervalo






Fábio falhou no primeiro gol do Boa Esporte e foi embora do estádio no intervalo (Foto: Luiz Henrique/Figueirense FC)
Fábio falhou no primeiro gol do Boa Esporte e foi embora do estádio no intervalo (Foto: Luiz Henrique/Figueirense FC)


O Figueirense passou por uma situação incomum no futebol. Fábio, titular na derrota para o Boa Esporte, na noite desta terça-feira, pela quarta rodada da Série B, por 2 a 0, deixou o estádio no intervalo. O goleiro teve sua primeira oportunidade na equipe alvinegra, falhou feio em um dos gols do adversário e alegou problemas pessoais antes do início da segunda etapa, quando foi substituído.

O arqueiro, de 38 anos, sequer ficou no banco de reservas na etapa final. De acordo com o superintendente de esportes do Figueirense, Carlos Arini, o atleta pegou um táxi e deixou o Orlando Scarpelli antes do término do jogo. O dirigente do clube catarinense concedeu entrevista coletiva após a partida, algo bastante incomum, explicou a situação e afirmou que o goleiro não faz mais parte dos planos da comissão técnica.

- A contratação do Fábio foi avalizada. Quem trouxe ele foi eu. Trabalhei com ele em 2008, sempre teve personalidade. A partir do momento que ele deixa o time no intervalo, por uma falha, que acontece, ou por problemas psicológicos, extracampo, que não sabíamos, ele não comentou...Ele foi embora, acabei de falar com o jogador. Ele não faz mais parte do elenco - disse.
Responsável pela indicação de Fábio para o Figueirense após o Campeonato Catarinense, Arini assumiu a responsabilidade pelo fato. O dirigente chegou até mesmo a pedir desculpas ao torcedor pelo ocorrido.

- Estamos há muito tempo no futebol, mas tem situações que são inusitadas. É o caso do Fábio. No futebol, a gente tem muleta e gosta de passar a responsabilidade para as pessoas. Ele me pediu desculpas, pediu para pedir desculpas a todo mundo. Mas o principal sou eu pedir desculpa para o torcedor, para todos. Realmente a gente nem sempre acerta, mas a responsabilidade da contratação deste jogador e do que aconteceu é minha - afirmou.
Confira outros trechos da entrevista de Carlos Arini:


SITUAÇÃO COMPLICADA
Não vou falar que o atleta pipocou, amarelou. Ele colocou que está com uma situação extracampo extremamente complicada. Se acontece uma coisa dessa, geralmente o jogador procura a gente, conversa com a gente. Ele estava treinando, então foi escalado. É uma situação que resulta em algo delicado, porque o Márcio teve que queimar uma substituição. Complicou bastante. Já vínhamos de uma expulsão, um pênalti, queimar a substituição. É complicado.



SURPRESA COM ATITUDE
Eu desci. Fiquei surpreso, pois pensei que era alguma coisa de lesão, até mesmo pela idade. O Fábio é um goleiro experiente, de 38 anos, quando trouxe, foi pela experiência do atleta. Quando recebi a informação de que o jogador não estava bem de cabeça, esperei o jogo terminar, a comissão técnica me passou, antes de falar com vocês eu liguei para o jogador, porque ele pegou um táxi e foi embora. É uma questão que se deve respeito não só a mim, mas a todos, a instituição, o clube, a torcida. Como dirigente não adianta em um dia anunciar o Marco Antonio e todo mundo te dar ok, mas quando você erra tem que vir aqui e colocar. O erro foi meu porque avalizei. Bola para frente, é começo de campeonato. É uma situação que nunca vivi. Se é um goleiro jovem, até consegue entender, mas um atleta com a experiência dele, com os jogos que fez no Campeonato paulista, me pegou de surpresa.



BUSCA DE NOVO GOLEIRO
Provavelmente (buscar um novo goleiro no mercado). É uma situação muito rápida o que aconteceu agora, mas não podemos deixar que se crie uma novela, uma história. Estou contando para vocês e, principalmente, para o torcedor do Figueira o que aconteceu. Falhar, todos falham, mas ir embora no intervalo é grave. Não estou aqui para crucificar o Fábio, ele me pediu desculpas, falou que estava com problemas particular. Mas se ele tinha problemas particulares, nos procure antes. É normal, são seres humanos. Valendo três pontos, uma partida difícil, um jogo atípico para nós, o campo atrapalhou. O Boa soube jogar, parabéns, mas o que aconteceu é algo que temos que assumir responsabilidade.

Por GloboEsporte.com, Florianópolis
Postar um comentário

NA ESTRADA DA VIDA

Aprendi que não posso exigir o amor de ninguém...
Posso apenas dar boas razões para que gostem de mim...
E ter paciência para que a vida faça o resto...

FRAM MARQUES

Minha foto

MINHA PÁGINA:

MEU GRUPO: 

MEU SITE:

SIMPLES ASSIM...

HOJE APRENDI QUE VIVER É SER LIVRE, QUE TER AMIGOS É NECESSÁRIO, APRENDI QUE O TEMPO CURA, QUE LUTAR É MANTER-SE VIVO, QUE DECEPÇÃO NÃO MATA, QUE HOJE É REFLEXO DO ONTEM, QUE VERDADEIROS AMIGOS PERMANECEM QUE A DOR FORTALECE, QUE A BELEZA NÃO ESTA NO QUE TEMOS, MAS SIM NO QUE SENTIMOS! , E QUE O SEGREDO DA VIDA É VIVER,

LUTE, SONHE, PERDOE, CONQUISTE CADA SEGUNDO, POIS,
NA VIDA NÃO HÁ RETORNOS:
SÓ RECORDAÇÃO.

SE ALGUM DIA ALGUÉM LHE DISSER QUE SEU TRABALHO NÃO É DE UM PROFISSIONAL, LEMBRE-SE:
AMADORES CONSTRUÍRAM A ARCA DE NOÉ E PROFISSIONAIS CONSTRUÍRAM O TITANIC.
PORTANTO, ANTES DE RECLAMAR, LEMBRE-SE, NÃO SOU PERFEITO, MAS PROCURO A PERFEIÇÃO.




FRAM MARQUES

AS MAIS COMPARTILHADAS NA REDE

AS MAIS LIDAS DA SEMANA