Gilvan Maq-Peças

Gilvan Maq-Peças
Tobias Barreto - Sergipe

TOCA DO ÍNDIO

TOCA DO ÍNDIO
DISTRIBUIDORA DE BEBIDAS

quarta-feira, 22 de março de 2017

Temos um movimento a favor da corrupção em Sergipe?

(Foto: Arquivo)
No dia de 16 de março, o promotor de Justiça Henrique Ribeiro Cardoso, responsável por coordenar investigações importantes contra a corrupção, foi transferido do Grupo de Combate à Improbidade Administrativa e do Centro de Apoio Operacional do Patrimônio do Ministério Público Estadual para a Promotoria da Fazenda.
O Jornal de Sergipe apurou que a transferência do promotor ocorreu após decisão da alta cúpula do órgão e ele não foi informado. Procuramos o Ministério Público Estadual, mas ninguém quis falar sobre o assunto.
Henrique participou de investigações importantes como a que investigou as denúncias de desvios das verbas de Subvenções Sociais da Assembleia Legislativa, a Indenizar-SE, que investigou vereadores e a mais recente Antidesmonte. O objetivo da Antidesmonte é evitar a dilapidação do Patrimônio Público em prefeituras cujos gestores não conseguiram se reeleger ou fazer sucessor.
Agora, a população teme uma possível transferência da delegada Danielle Garcia, da Delegacia de Combate aos Crimes Tributários e Administração Pública (Deotap). Equipes coordenadas por Danielle iniciaram uma investigação para apurar possíveis irregularidades na contratação de empresa para a coleta de lixo em Aracaju. Os investigadores fizeram buscas e apreensões na Emsurb, Torre e Sindilimp. Vale ressaltar que o Deotap e o Ministério Público Estadual, na maioria das vezes, desenvolvem um trabalho conjunto. É uma parceria que vem dando certo.
Apesar de Danielle ter todo o apoio da Secretaria de Estado da Segurança Pública de Sergipe (SSP/SE), sua equipe está incomodando quem deve. O Jornal de Sergipe não descarta a possabilidade de afastarem Danielle do Deotap. Quem diria que o promotor  do MPE atuante contra a corrupção seria transferido sem nenhum esclarecimento? A população questiona: Qual o motivo da transferência? E a dúvida: Danielle, delegada atuante contra a corrupção, também será transferida?
A população não engoliu a transferência do promotor. E se Danielle for transferida, misteriosamente, como aconteceu com o promotor, a população terá absoluta certeza que existe um movimento à favor da corrupção.

Nenhum comentário:

NA ESTRADA DA VIDA

Aprendi que não posso exigir o amor de ninguém...
Posso apenas dar boas razões para que gostem de mim...
E ter paciência para que a vida faça o resto...

AS MAIS COMPARTILHADAS NA REDE

AS MAIS LIDAS DA SEMANA