Gilvan Maq-Peças

Gilvan Maq-Peças
Tobias Barreto - Sergipe

TOCA DO ÍNDIO

TOCA DO ÍNDIO
DISTRIBUIDORA DE BEBIDAS

segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

Polícia encontra fotos de armamento de guerra em pendrive de traficante morto

Traficante armado de fuzil

Agentes da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core) encontraram num pendrive apreendido com o traficante Anderson do Nascimento da Silva, conhecido como Gordo — morto durante operação no Morro do Céu em Niterói, no último sábado —, fotos de armas de guerra. Nas imagens é possível ver fuzis AR15 com lunetas que possibilitam melhor visualização para tiros de longas distâncias. As fotos foram feitas, segundo a polícia, na região de mata no Complexo do Caramujo, em Niterói.
Fuzil com suporte é uma das armas utilizadas pela quadrilha
Fuzil com suporte é uma das armas utilizadas pela quadrilha Foto: Divulgação / Polícia Civil
O criminoso era o segundo na hierarquia do tráfico do Complexo do Alemão, braço-direito do traficante Luciano Martiniano da Silva, o Pezão, e já havia sido preso por duas vezes durante o ano passado. Na primeira vez, foi detido pela polícia, numa ação da Região dos Lagos. Ele e mais dois traficantes estavam numa casa luxuosa em Búzios. Na ocasião, Bruno Eduardo da Silva Procópio, o Piná, chefe do tráfico da Vila Cruzeiro, e Eduardo Fernandes de Oliveira, conhecido como 2D, chefe do Complexo do Alemão, foram presos. Já Anderson estava sem mandado de prisão e não foi preso.
Fuzil com luneta também faz parte do arsenal dos bandidos
Fuzil com luneta também faz parte do arsenal dos bandidos Foto: Divulgação / Polícia Civil
Em agosto, Gordo foi preso de novo, durante a operação da 45ª DP (Alemão) em cumprimento de mandado de prisão. Três meses depois, foi solto por decisão judicial. Segundo o juiz Roberto Câmara Brandão, da 31ª Vara Criminal não havia “suporte probatório mínimo para a imputação de crime de tráfico”.
Um dia depois da morte do traficante, neste domingo, o comércio do Complexo do Alemão amanheceu fechado.
Arma no acampamento do tráfico
Arma no acampamento do tráfico Foto: Divulgação / Polícia Civil
— Eu sou policial militar e trabalho aqui na redondeza. O comércio está todo fechado por causa da morte do traficante Gordo. Não é por ser domingo que tudo fechou, pois há bares e padarias que funcionam direto e estão de portas fechadas — comentou um policial, que preferiu não se identificar.
Durante a operação, foram apreendidos seis fuzis, uma pistola calibre 9mm, uma submetralhadora UZI, 17 carregadores de fuzil, munições de diversos calibres, além de cerca de 4.000 sacolés de maconha, seis tabletes da mesma droga e 10.000 pinos de cocaína.
Mais uma arma foi fotografada pelos bandidos
Mais uma arma foi fotografada pelos bandidos Foto: Divulgação / Polícia Civil


Fonte: extra.globo.com / 
Rafael Soares

Nenhum comentário:

NA ESTRADA DA VIDA

Aprendi que não posso exigir o amor de ninguém...
Posso apenas dar boas razões para que gostem de mim...
E ter paciência para que a vida faça o resto...

AS MAIS COMPARTILHADAS NA REDE

AS MAIS LIDAS DA SEMANA