Gilvan Maq-Peças

Gilvan Maq-Peças
Tobias Barreto - Sergipe

TOCA DO ÍNDIO

TOCA DO ÍNDIO
DISTRIBUIDORA DE BEBIDAS

sábado, 29 de novembro de 2014

Jovens invadem cemitério para dançar em cima de túmulos

Um grupo de seis adolescentes escolheu um lugar nada convencional para ensaiar passos de uma música de pagofunk do cantor Bailão do Robyssão.

Na noite da última terça-feira (25), os jovens resolveram invadir o cemitério Municipal da cidade de Monte Santo, localizada a 373 km de Salvador, para cumprir um suposto ''desafio'' de dançar em cima dos túmulos.

Ao som de"Agacha, empina, relaxa e senta", o grupo demonstrou que não sentiu medo ou pudor ao registrar a situação pra lá de macabra em um vídeo de 3 minutos. As imagens foram divulgadas nas redes sociais dos próprios jovens, alcançado mais de 100 curtidas e dividindo opiniões.

De acordo com o site local, Monte Santo Net, ainda não se sabe o que teria motivado a invasão do cemitério, mas a ação foi planejada com três dias de antecedência, sendo compartilhada inclusive no perfil de uma das garotas. A situação causou revolta nos moradores da cidade.

Nenhuma autoridade local se pronunciou sobre o fato até o momento. 

Encontro foi marcado pela internet





Cleriston Silva

Brasil fica quase na lanterna do crescimento mundial

Brasil fica quase na lanterna do crescimento mundial
Foto: Divulgação
A queda de 0,2% na atividade econômica brasileira no terceiro trimestre deste ano em relação a igual período de 2013, anunciada sexta-feira (28) pelo IBGE, deixou o País quase na lanterna do crescimento mundial. De uma lista de 34 economias, o Brasil ocupou a 31.ª colocação, segundo levantamento da consultoria Austin Rating. O desempenho brasileiro ficou abaixo do verificado em países como Grécia e Espanha, que ainda tentam se reerguer de crises severas, e foi o pior entre as grandes economias emergentes, que compõem o Brics (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul). No topo do Brics, a China cresceu 7,3% no terceiro trimestre ante igual período do ano passado, enquanto a Índia teve alta de 5,3%. Já o Produto Interno Bruto (PIB) da África do Sul, que vive quadro de inflação elevada, juros altos e atividade em recuperação, teve aumento de 1,4%. A Rússia, mesmo às voltas com a crise geopolítica envolvendo a Ucrânia, avançou 0,7%. O resultado brasileiro só não foi pior que a atividade de Itália, Japão e da própria Ucrânia. O economista-chefe da Austin Rating, Alex Agostini, responsável pelo estudo, atribui a má colocação do Brasil à gestão equivocada da política econômica. "Há profundos problemas na gestão da política econômica, com destaque para a atabalhoada política monetária de juros relativamente altos com inflação alta e atividade econômica em retração. Além, é claro, da política fiscal expansionista", disse Agostini, em relatório. A recuperação, defendeu o economista, depende de mais investimentos e novos acordos multilaterais, diversificando o leque de países parceiros em termos de comércio. Hoje, os grandes consumidores das exportações brasileiras são China (commodities) e Argentina (manufaturados), que passam por ajustes. "Esses países não deverão manter a mesma contribuição observada em anos anteriores." No período de julho a setembro deste ano, o desempenho do setor externo foi favorável ao crescimento na comparação com igual período de 2013. O volume das exportações cresceu 3,8%, enquanto as importações tiveram avanço mais tímido, de 0,7%. "As exportações cresceram mais que as importações. Tem quatro trimestres seguidos que a gente tem contribuição positiva do setor externo no crescimento", disse Rebeca Palis, gerente de Contas Nacionais do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Na comparação com o segundo trimestre, porém, o setor externo tirou fôlego da economia, já que a lógica foi justamente inversa. As importações foram 2,4% maiores, enquanto os embarques avançaram 1%. "Isso é resultado da baixa competitividade da indústria doméstica, que vivencia problemas do lado da oferta", avaliou o estrategista-chefe do Banco Mizuho, Luciano Rostagno. A recente desvalorização do real ante o dólar, contudo, pode melhorar esse quadro, acrescentou Rostagno. (As informações são do jornal O Estado de S. Paulo)

Caminhão-tanque carregado de maconha trazia logo da Petrobras no fundo

Caminhão-tanque carregado de maconha trazia logo da Petrobras no fundo
Foto: Reprodução
Uma apreensão da Polícia Rodoviária Federal (PRF) do Paraná sinaliza a maré de azar da Petrobras nos últimos tempos, de acordo com o colunista Felipe Patury. O caminhão-tanque recolhido pela PRF na rodovia PR-487 com 3 toneladas de maconha trazia na traseira do tanque a logomarca da BR Distribuidora, uma subsidiária da petroleira, com direito ao slogan da empresa: “De olho no combustível. Qualidade garantida”. A Petrobras afirmou ao colunista que o caminhão não é dela nem de qualquer uma de suas prestadoras de serviço.

Vereador é flagrado fazendo recepção em gabinete da Câmara com uísque e cerveja

Vereador é flagrado fazendo recepção em gabinete da Câmara com uísque e cerveja
Foto: Fernando Pop/ Reprodução
O líder do governo na Câmara de Vereadores de Luís Eduardo Magalhães, Jarbas Rocha (PHS), foi flagrado recebendo correligionários em seu gabinete no legislativo com uísque e cerveja. A denúncia foi veiculada pelo site Fernando Pop após as imagens da recepção terem sido encaminhadas para a Rádio Cidade. De acordo com o site, adversários políticos questionam a utilização do espaço público como “mesa de bar”.

Fiscais encontram trabalho análogo ao de escravo na produção da Renner

Fiscais encontram trabalho análogo ao de escravo na produção da Renner
Foto: Reprodução / Igor Ojeda / Repórter Brasil
Fiscais do Ministério do Trabalho e Emprego encontraram trabalhadores em condições análogas à de escravos em uma oficina da linha de produção de roupas das Lojas Renner. Foram resgatados 37 trabalhadores bolivianos em condições subumanas na oficina localizada na zona norte de São Paulo. As Lojas Renner receberam 30 autuações no valor aproximado de R$ 2 milhões. Segundo o ministério, a fiscalização constatou condições degradantes de alojamento, jornada de trabalho exaustiva de 16 horas, retenção e descontos indevidos de salários, servidão por dívida, uso de violência psicológica, verbal e física e manipulação de documentos contábeis trabalhistas sob fraude. “As condições de trabalho dessa oficina são muito graves, chocantes. Botar a Renner na lista suja [de trabalho escravo] do ministério é pouco. Multar a Renner em R$ 2 milhões é pouco diante da situação de degradação do trabalhador”, disse o superintendente regional do Trabalho em São Paulo, Luiz Antônio de Medeiros Neto. Os auditores fiscais do Ministério do Trabalho investigaram a empresa por aproximadamente três meses, com apoio do Ministério Público do Trabalho e da Defensoria Pública da União. Os fiscais foram deslocados ao Rio Grande do Sul, estado onde está a sede da Renner. Lá encontraram elementos que comprovam a ligação direta da empresa com a oficina, que oficialmente tem a denominação de Oficina de Costura Letícia Paniágua. Quase toda a produção da oficina, cerca de 80%, era destinada exclusivamente à Renner. Entre todas as irregularidades encontradas na oficina, a que chamou mais atenção dos fiscais foi a alimentação oferecida aos trabalhadores. “A alimentação causou repugnância na auditoria. Sempre o mesmo cardápio, alimentos vencidos, deteriorados, servidos com insetos, baratas. Alguns exames mostraram infecções intestinais sérias, severas nos trabalhadores, causadas por essa alimentação”, informou o auditor fiscal Luís Alexandre de Faria. Em nota, as Lojas Renner disseram que não compactuam e repudiam o uso de mão de obra irregular. A rede de lojas afirmou que a oficina onde foram encontradas as irregularidades é contratada de dois de seus fornecedores: a Kabriolli e a Betilha. “Todos os fornecedores da companhia assinam contratos em que se comprometem a cumprir a legislação trabalhista vigente, bem como um termo de compromisso e conduta responsável que proíbe qualquer tipo de violação aos dispositivos legais”, diz o texto da nota.

"Causos" DE "SEU LUNGA"


"Seu Lunga" (Foto: Lucas de Menezes/Agência Diário)

Joaquim Santos Rodrigues, o "Seu Lunga", morreu por volta das 9 horas deste sábado (22) na cidade de Barbalha, no Cariri cearense. "Seu Lunga" tinha 87 anos e estava internado no Hospital São Vicente de Paulo há três dias, em Barbalha, por causa de um câncer de esôfago. O sepultamento será neste domingo(23) no Cemitério do Socorro, em Juazeiro do Norte. Comerciante, poeta e repentista ganhou fama no Nordeste pelos causos que citavam seu mau-humor.

"Seu Lunga" nasceu no dia 18 de agosto de 1927, no Sítio Gravatá, na zona rural do município de Caririaçu, na Região do Cariri. Viveu a infância com os pais e sete irmãos no município de Assaré, e com 16 anos foi morar em Juazeiro do Norte.

O cearense é um dos mais folclóricos nomes da cultura popular nordestina. Tornou-se personagem de inúmeras anedotas por suas respostas ao ''pé da letra'', diretas e intempestivas.

O apelido, recebeu de uma vizinha que passou a chamá-lo de Calunga que, com o tempo foi reduzido para "Lunga". Casado com dona Carmelita Rodrigues Camilo, era pai de 13 filhos, dos quais, dois morreram.

"Causos"
Em entrevista veiculada na TV Verdes Mares em abril de 1996, um morador conta que o prefeito de Juazeiro do Norte precisou construir uma praça e avisou aos moradores das casas que retirassem os veículos, já que a praça fecharia o acesso às garagens. “Seu Lunga” cismou e disse que não retirava. O resultado é que o carro ficou “preso” na garagem, segundo o morador.

Perguntado pela repórter se o cometário era verdadeiro, ele respondeu: “Tudo no mundo tem jeito. O que não tem jeito é esse bando de desocupado que fica inventando estória e fazendo pergunta imbecil”. "O senhor é popular na cidade", pergunta o repórter? "Não. É que eu não gosto de pergunta imbecil e o povo gosta de fazer pergunta imbecil. Tem de pensar antes de falar. Eu não tenho esse jeito de falar bobagem e de ouvir besteira". A entrevista continua: "O senhor vende tudo aqui, não é, “Seu Lunga”?". O comerciante reponde de pronto: "Não. O mundo não tem tudo, como é que você quer que eu venda tudo aqui na minha mercearia?"

Sobre os políticos, “Seu Lunga” também tinha opinião formada é não era das melhores. “No nosso Brasil tá faltando homem de fibra, de caráter, homem que faça as coisas de maneira honesta. Esse povo que está aí no poder, mandando, é de fazer vergonha”.

Postagem: Flavinho Leone

POR UNANIMIDADE, DEPUTADOS BAIANOS APROVAM PENSÃO VITALÍCIA PARA EX-GOVERNADORES


Paulo Souto, Jaques Wagner e César Borges deverão ser beneficiados. (Fotos: Divulgação)

O Projeto de Emenda Constitucional (PEC), que cria pensão vitalícia para ex-governadores, foi aprovado por unanimidade na noite desta terça-feira (25) pela Assembleia Legislativa da Bahia (Alba). Serão beneficiados somente os políticos que tenham exercido, no mínimo, dois anos de mandato.
Com a decisão, o atual governador Jaques Wagner (PT) – que deixa o cargo em 2015 – continuará a ganhar, mensalmente, R$ 19,3 mil. Os ex-governadores César Borges e Paulo Souto também deverão ser contemplados retroativamente com a proposta. Em caso de morte, a viúva continuará recebendo a pensão
A PEC foi proposta pelo atual presidente da Casa, Marcelo Nilo (PDT). Durante a sessão, o deputado Carlos Geilson (PTN) criticou os parlamentares a base aliada ao sugerir que se tratava de uma “aposentadoria de Wagner”.

Fonte: varelanotícias.com 
Postagem: Redação, arildoleone.com

MACONHA E DINHEIRO FALSO APREENDIDOS PELA PRF DE RIBEIRA DO POMBAL



A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu dois homens que traficavam 300 quilos de maconha em um caminhão. A prisão aconteceu no KM 170 da BR 110, trecho de Ribeira do Pombal (a 286 km de Salvador), durante a Operação de Combate à Criminalidade. A ação ocorreu por volta de 23h da noite de segunda-feira, 24.
Os suspeitos trafegavam na via quando foram abordados por agentes da PRF. Durante a revista no veículo, os policiais encontraram, além da maconha - que estava distribuída em 18 caixas - um envelope contendo R$ 50 mil em notas de R$ 100 com evidentes sinais de falsificação. Os agentes também descobriram que o caminhão que os criminosos ocupavam era roubado.
Os dois homens foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Judiciária local pelos crimes de tráfico de drogas, receptação de veículo roubado e e contra a fé pública - moeda falsa.



Fonte: atarde.com.br - Fotos: Paulo Andrade - Postagem : Flavinho Leone

Entra Em Vigor Na Próxima Quarta-feira Lei Antifumo Em Todo O País


Entra em vigor na próxima quarta-feira (3) a Lei Antifumo que proíbe, entre outras coisas, fumar em locais fechados, públicos e privados, de todo o país. Para especialistas, a medida é um avanço no combate ao hábito de fumar. Pouco mais de 11% da população brasileira são fumantes. No Dia Nacional de Combate ao Câncer, comemorado hoje (27), a informação vem reforçar as medidas de prevenção da doença.
 Com a vigência da Lei 12.546, aprovada em 2011 mas regulamentada em 2014, fica proibido fumar cigarrilhas, charutos, cachimbos, narguilés e outros produtos em locais de uso coletivo, públicos ou privados, como hall e corredores de condomínio, restaurantes e clubes, mesmo que o ambiente esteja parcialmente fechado por uma parede, divisória, teto ou até toldo. Se os estabelecimentos comerciais desrespeitarem a norma, podem ser multados e até perder a licença de funcionamento.
 A norma também extingue os fumódromos e acaba com a possibilidade de propaganda comercial de cigarros até mesmo nos pontos de venda, onde era permitida publicidade em displays. Fica permitida a exposição dos produtos, acompanhada por mensagens sobre os males provocados pelo fumo. Além disso, os fabricantes terão que aumentar os espaços para os avisos sobre os danos causados pelo tabaco, que deverão aparecer em 100% da face posterior das embalagens e de uma de suas laterais.
 Será permitido fumar em casa, em áreas ao ar livre, parques, praças, em áreas abertas de estádios de futebol, em vias públicas e em tabacarias, que devem ser voltadas especificamente para esse fim. Entre as exceções também estão cultos religiosos, onde os fiéis poderão fumar, caso isso faça parte do ritual.
Informações: Agência Brasil 
Postagem: Brankinho Mendes

Cícero Dantas: Vereador reclama que ligação política resultou em aprovação de contas

Cícero Dantas: Vereador reclama que ligação política resultou em aprovação de contasPetição protocolada no Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) pelo vereador Washington Matos (Pros) questiona a aprovação com ressalvas das contas do prefeito de Cícero Dantas, Helânio Oliveira (PR). De acordo com reportagem do jornal A Tarde, Matos desconfia que uma suposta ligação política entre o gestor e o conselheiro Mário Negromonte, relator das contas, motivou a aprovação mesmo com irregularidades como o descumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) no que tange às despesas com pessoal. Segundo a reportagem, Oliveira utilizou 57,28% do orçamento nessa rubrica, quando o limite estabelecido por lei é de 54%. O denunciante cita que o atual prefeito é do mesmo grupo político do ex-gestor José Weldon Santana, que manteve relações políticas com Negromonte antes do ingresso do conselheiro no TCM. “Weldon apoiou duas eleições de deputado do conselheiro e no pleito deste ano deu votos para o filho dele, Mário Negromonte Filho (eleito deputado federal)”, afirmou Matos. Ao A Tarde, o conselheiro rebateu as insinuações. “Quando a gente veste a roupa de conselheiro deixa para trás seu passado político. Não existe isso de votar a favor de um prefeito por amizade ou conveniência”, argumentou Negromonte.

Postagem: Brankinho Mendes 

Água volta a brotar da nascente do Rio São Francisco

nascente Rio São Francisco (Foto:  Anna Lúcia Silva/G1)Registro de quando a principal nascente do Rio São
Francisco secou (Foto: Anna Lúcia Silva/G1)
Após dois meses seca, a nascente histórica do Rio São Francisco brotou novamente. Segundo o diretor do Parque Nacional da Serra da Canastra, Luiz Arthur Castanheira, o fato foi oficializado no Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) nesta sexta-feira (28), mas ainda não se sabe o dia exato em que ocorreu o fenômeno. Até o momento foram registrados mais de  370 milímetros de chuvas na região. “O volume foi o suficiente para alimentar o lençol freático e brotar de novo a água da nascente”, afirmou o diretor do parque.
Segundo o chefe substituto do local, Vicente Faria, a natureza tem se recomposto com o período de chuvas que teve início recentemente na região. As plantas, as flores e o mato verde a perder de vista no chapadão da Canastra indicam uma nova fase. E quem viu de perto a nascente chamada de "histórica" seca e tomada por fuligem agora comemora o ressurgimento. “Sim, estamos muito felizes. Faltou chuva, mas ela veio”, destacou o brigadista Paulo Moisés da Silva, que foi quem descobriu a nascente seca, em setembro deste ano.
Ainda conforme Castanheira, técnicos foram enviados ao local durante a semana passada  para constatar o ressurgimento da nascente já que outros "olhos d'água" pequenos que também estavam secos voltaram a brotar água. "Foi então que confirmamos. Já sabíamos que isso iria ocorrer, era questão de chuva e tem chovido de fato dias seguidos na região", comerntou.
Contudo, o registro da principal nascente do Rio São Francisco cheia novamente ainda não pode ser feito pela imprensa e visitantes, pois a intensidade das chuvas tem sido significativa e provocou deslizamentos na estrada que dá acesso a uma das portarias do parque e que leva até a nascente. Por isso está interditada e não é possível chegar até o local. "Tentei subir de jipe hoje pela manhã para poder fazer fotos, mas é completamente impossível. Há placas indicando a interdição e elas devem permanecer até que seja possível chegar até o parque", disse o secretário de Meio Ambiente André Picardi.
A seca da nascente
Foi durante um incêndio em setembro,quando os brigadistas do parque tentavam impedir que o fogo atingisse a nascente do rio, que Paulo Moisés da Silva sentiu que o trabalho foi em vão. "Desci 500 metros com a bomba nas costas para colocá-la na nascente e quando cheguei vi o que de fato ninguém esperava. Foi a pior surpresa daquele dia. A nascente estava seca", lembrou.
Na ocasião, a seca foi tratada como a pior já vista em todos os tempos. “Não há registros históricos de seca dessa nascente. Essa estiagem simbolizou uma mudança climática rigorosa e serviu de alerta para toda humanidade", afirmou o diretor do parque.
Ambientalistas fizeram visita oficial à nascente que secou na Serra da Canastra (Foto: Anna Lúcia Silva/G1)Ambientalistas fizeram visita oficial à nascente
quando ela secou (Foto: Anna Lúcia Silva/G1)
O São Francisco tem mais de 2.700 km e corta sete estados brasileiros - Bahia, Minas Gerais, Pernambuco, Alagoas, Sergipe, Goiás e Distrito Federal - o que dá a ele o título de maior rio totalmente brasileiro, com uma bacia hidrográfica que abrange 504 municípios.
Na Serra da Canastra ele percorre 14 quilômetros até cair na cachoeira Casca Danta, onde inicia a jornada para o Sul e em seguida muda o curso para o Nordeste do Brasil.
Impactos no turismo
Após as queimadas constantes e a divulgação de que a nascente do Rio São Francisco havia secado houve queda no turismo na região e, de acordo com a Associação de Turismo da Serra da Canastra (Atusca), a baixa no número de visitantes chegou a 60%. Há sete meses, quase toda a vegetação tinha sido consumida pela estiagem, mas nas últimas semanas o cenário tem sido outro e o o turismo que havia sido comprometido agora está em ritmo normal, segundo a diretora da associação Daniela Labônia.
Serra da Canastra muda de cenário após chuvas (Foto: Daniela Labonia/Divulgação)Serra da Canastra mudou de cenário após chuvas na região (Foto: Daniela Labônia/Divulgação)

Grave acidente deixa carro destruído e espalha maconha por rodovia

A Polícia Rodoviária Federal apreendeu cerca de 500 quilos de maconha na manhã deste sábado (29), na rodovia Régis Bittencourt, na região de Registro, no Vale do Ribeira, interior de São Paulo.
O veículo de passeio que transportava a droga bateu de frente com um caminhão na altura do km 452 e acabou capotando. Os tabletes ficaram espalhados por mais de 200 metros da pista, prejudicando o tráfego de veículos.Segundo a Polícia, o casal que estava no veículo, seguindo no sentido São Paulo, acabou ficando ferido no acidente. A mulher foi levada para o Hospital de Pariquera-Açu. Já o rapaz foi encaminhado para Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e será transferido para o Hospital São José, em Registro.
Os dois estão sendo acompanhados por agentes e serão presos por tráfico de drogas assim que receberem alta.
Esta é a segunda apreensão de drogas na mesma região em menos de 24 horas. Na tarde da última sexta-feira (28), a Polícia Rodoviária apreendeu quase uma tonelada de maconha. Os tabletes estavam em um carro roubado que era dirigido por um adolescente de 16 anos. A droga era transportada do Paraguai e seria levada para São Paulo. Somente neste ano, a Polícia Federal já apreendeu no Vale do Ribeira, mais de 3,5 toneladas de maconha.
vavava.jpg
Fonte: com informações do G1

Irmãos de ministro da Agricultura se entregam à Polícia Federal

Os irmãos do ministro da Agricultura, Neri Geller, se entregaram à Polícia Federal, em Cuiabá na noite desta quinta-feira (27).
Eles são suspeitos de participação num esquema de venda ilegal de áreas de reforma agrária em Mato Grosso. Segundo a PF, os produtores rurais Odair e Milton Geller se apresentaram ontem às 22h e já fizeram exame de corpo de delito. Eles estão presos no centro de custódia de Cuiabá. O advogado dos dois, Edy Piccini, alega que ambos são inocentes.
Na Operação Terra Prometida, deflagrada nesta quinta, foram 227 mandados judiciais: 52 de prisão preventiva, 146 de busca e apreensão, além de 29 medidas proibitivas. Desses, 40 mandados de prisão foram executados.
Um dos detidos nesta quinta é o ex-prefeito de Lucas do Rio Verde, Marino Franz (PSDB).
Estima-se que mil lotes da União estejam em situação ilegal. O prejuízo aos cofres públicos pode alcançar R$ 1 bilhão.
De acordo com a Polícia Federal, por meio de fraudes junto ao Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária) de Mato Grosso, no qual estariam envolvidos familiares (utilizados como laranjas) e servidores da instituição, os Geller conseguiram ocupar 15 lotes do Projeto de Assentamento Itanhangá, situado no município de mesmo nome.
Durante a tarde de quinta, policiais federais estiveram nas residências de Odair, em Lucas do Rio Verde (MT), e Milton, em Nova Mutum (MT).
A ação dos policiais foi feita em Mato Grosso (nas cidades de Cuiabá, Várzea Grande, Nova Mutum, Diamantino, Lucas do Rio Verde, Itanhangá, Ipiranga do Norte, Sorriso, Tapurah e Campo Verde), Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.
OUTRO LADO
Conforme Piccini, Odair e Milton nunca possuíram terras no Projeto de Assentamento. “O Odair possui terras particulares em Feliz Natal (MT), faz mais de dez anos. Em relação ao Milton, ele não tem propriedade alguma em assentamento nenhum. Há um grande mal entendido ou motivação, política ou pessoal, por trás dessa história.”
O advogado disse ainda que os irmãos se apresentaram à Polícia Federal por orientação do ministro Neri Geller.
Piccini deve entrar com um pedido de relaxamento da prisão de Odair e Milton logo após eles serem ouvidos pelo delegado Hércules Ferreira, que conduz as investigações da Operação.
O ministro da Agricultura afirmou em nota oficial “não acreditar” na participação de seus dois irmãos em irregularidades. Neri Geller disse ainda que não foi arrolado na operação.
Com Folha de S. Paulo

Homem tentar envenenar crianças com remédio em refrigerante

Um homem está sendo procurado pela polícia na região de Patos, no sertão paraibano, acusado de tentar matar um filho e três enteados com medicamento de uso controlado misturado a refrigerante.
O fato aconteceu na cidade de São Mamede, na noite desta quinta-feira (27). O acusado teria atentado contra a vida dos menores, sendo dois de 11 anos, um de 13 e outro de seis, por não aceitar a separação da esposa, que abandou a casa há cerca de um mês. Durante a noite, o homem teria pego as crianças para passear em um parque de diversão da cidade, que está em festa de emancipação política.
Depois de ir ao parque, o acusado teria levados os menores para a sua residência para lanchar.
As crianças passaram mal e apresentaram sintomas com sonolência e vômitos e foram internadas durante a madrugada no hospital infantil, Noaldo Leite, em Patos. O acusado fugiu.
As crianças foram submetidas a um processo de desintoxicação e receberam alta por volta das 12h desta sexta-feira.
Roberto Targino – MaisPB

POLÊMICA: 500 mil animais serão sacrificados à deusa Gadhimai durante festival

Mais de 500 mil animais devem ser abatidas no Nepal durante uma festa religiosa com duração de dois dias.
Milhões de fiéis hindus se reúnem para a cerimônia, que ocorre a cada cinco anos no templo de Gadhimai, chamada de “a deusa do poder”. A matança ocorre em Bariyarpur, perto da fronteira com a Índia. A maioria dos sacrifícios são búfalos, mas pássaros, porcos e cabras também são ofertas populares. O objetivo do derramamento de sangue, que começou às 3 da manhã, é apaziguar a deusa e pedir “sorte e prosperidade”. Cerca de 2,5 milhões de pessoas comparecem ao festival, de acordo com Yogendra Prasad Dulal, funcionário do governo local. Ele disse que é impossível estimar o número total de animais sacrificados. “É um ritual relacionado com a fé das pessoas”, explica Dulal. ‘Não podemos ferir os seus sentimentos e proibir a prática”.
“Somente nas primeiras horas do dia [28] foram abatidos mais de 6.000 búfalos, e pelo menos, 100.000 cabras”, comemora Mangal Chaudhary, principal sacerdote do templo local de Gadhimai. As festividades continuam no sábado, quando o total de animais mortos para agradar a deusa deve passar de meio milhão. É difícil precisar, pois não há nenhum tipo de registro oficial.
O ritual começa de madrugada, com o cerimonial ‘Pancha bali’, onde são sacrificados cinco animais: um rato, uma cabra, um galo, um porco e um pombo. Os sacerdotes se cortam e oferecem um pouco do próprio sangue, enquanto invocam as bençãos da deusa. As espadas curvas são as ferramentas mais comuns para os rituais.
As cabeças dos animais sacrificados são enterradas em um buraco enorme, enquanto o couro dos animais é vendidos para os comerciantes que tenham contratado para comprá-los. Toda a carne dos animais é reunida em um só local, onde é apresentada à divindade, mas não é consumida pelos fiéis. O Nepal é um país bastante pobre, mas parece ser um motivo de orgulho para os hindus locais o fato de hospedarem periodicamente o “maior sacrifício religioso do mundo”.
A Suprema Corte da Índia pediu recentemente que o governo impedisse a importação de gado (búfalos especificamente) vivo sem licença para o país. Ao contrário dos indianos, que não matam nem comem animais, os hindus nepaleses frequentemente fazem sacrifícios de sangue para apaziguar divindades durante os festivais religiosos. Mais de 80% dos 27 milhões de habitantes do Nepal são praticantes do hinduísmo.
Ativistas de direito dos animais estão fazendo campanhas contra o festival. N.G. Jayasimha, diretor da Sociedade Internacional Humanista da Índia, que acompanha tudo diretamente do local do templo, dispara: “Isso é realmente uma insanidade. Não há estradas, nem infraestrutura, sequer um simples meio de transporte que os traga, ausência de banheiros ou água potável. Mesmo assim, há gente por todos os lados. Um imenso número de pessoas chega até o vilarejo, trazendo consigo os animais para serem mortos”.
Ele lembra que no último festival, em 2009, o total de participantes foi perto de 5 milhões. Considera que as diversas campanhas de ativistas e do governo tenha desestimulado o mesmo fluxo este ano. Com informações de News Week e Daily Mail

Demissões na construção civil preocupam Federação das Indústrias




Diante da situação que ocorreu na última semana, com a decisão do juiz da 2ª Vara da Justiça Federal no Estado, Ronivon Aragão, que declarou a inconstitucionalidade das leis municipais que permitem a construção de edifícios com mais de 12 andares na capital sergipana, o fato tem gerado grande preocupação para a Federação das Indústrias do Estado de Sergipe (FIES).

Porém, a questão ainda mais preocupante para o Sindicato e para o Sistema Indústria de Sergipe são as possíveis demissões que poderão ocorrer, caso a decisão seja mantida. “A preocupação maior das empresas neste momento é de cunho social. Ao paralisar as obras, a consequência imediata será a demissão em massa. Não há como as empresas manterem milhares de trabalhadores com obras paradas. Isso vai gerar um caos social. Além do mais, o mercado sergipano não tem como absorver este contingente imediatamente. Se todas as construtoras demitirem, faço uma pergunta: Para onde vão esses trabalhadores?”, questiona o presidente do Sinduscon/SE, Tarcísio Teixeira.

Segundo um levantamento feito pelo Sinduscon/SE, a medida atinge mais de 40 obras de 30 empresas associadas, sem contar as obras de cooperativas e das empresas não associadas ao Sindicato e à Associação de Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário de Sergipe (ADEMI-SE). Ao todo, serão 12 mil trabalhdores diretos, que poderão ser atingidos com a decisão. “Além de todos esses trabalhadores serem prejudicados, esse déficit impacta ainda na economia do Estado”, enfatiza o presidente da FIES, Eduardo Prado.

Apesar das obras não estarem paralisadas, devido a um acordo/prazo de 30 dias que foi estabelecido para as adequações das obras, a FIES acredita que o diálogo entre os órgãos competentes, Poder Judiciário, Prefeitura de Aracaju, OAB/SE e a indústria da construção civil em Sergipe, pode evitar que a decisão seja mantida e que milhares de trabalhadores sejam prejudicados.

A FIES concorda com o Sindicato das Indústrias de Construção Civil de Sergipe (Sinduscon/SE). Para o Sindicato, o diálogo respeitoso com o Poder Judiciário e a OAB/SE, com objetivo de oferecer subsídios técnicos de engenharia para a análise criteriosa da ocupação do solo urbano na capital são essenciais. “Precisamos somar forças para o bem comum, o Sinduscon/SE e a ADEMI-SE reforçam o compromisso do setor da construção civil com o desenvolvimento sustentável e econômico do estado de Sergipe e propõem o diálogo aberto junto à comunidade, às autoridades governamentais, ao judiciário brasileiro e conselhos de classe para uma solução eficaz e ágil em prol do nosso povo”, ressalta Tarcísio Teixeira.

Cerâmica Vermelha

O impasse preocupa ainda o setor do segmento de cerâmica vermelha em Sergipe. Para o empresário e membro do Sindicato das Indústrias de Cerâmica e Olarias de Sergipe (Sindicer/SE), José Abílio Guimarães, caso a decisão seja mantida o setor também irá sofrer duras penalidades. “Claro que isso vai impactar não só na mão-de-obra do setor da construção civil mas também no segmento da cerâmica vermelha. Se o número de demanda e de obras cai, a nossa venda e produção de materiais cerâmicos também reduz. Isso é inevitável. Outro ponto é a demissão. Se não produzimos e vendemos como deveríamos, não vamos conseguir manter o mesmo número de funcionários nas empresas”.

Empresas serão notificadas pela Sefaz por omissão de informação



Secretaria de Estado da Fazenda  (Sefaz) vai notificar a partir deste mês de dezembro, por meio do Domicílio Eletrônico Habilitado, diversas empresas que apresentam irregularidade devido à omissão de entrega da Escrituração Fiscal Digital (EFD).

O alerta preventivo vinha sendo utilizado informalmente aos contribuintes e este mês a Sefaz vai passar a notificar oficialmente e aplicar as sanções pertinentes.

Governo confirma exoneração de todos os CCs e redução de secretarias



O governador Jackson Barreto  (PMDB) almoçou nesta sexta-feira, 28, no Palácio de Veraneio, com deputados estaduais que integram sua bancada.
No almoço, o governador confirmou que vai exonerar todos  os comissionados que não sejam efetivos do Estado.

Também foi confirmado que o governo reduzirá o número de secretarias, de 29 para 16. Sem citar nomes, o governador disse que vai extinguir empresas.

Haverá fusão e extinção de secretarias. As secretarias de Cultura e Esporte e Lazer passarão a ser uma única secretaria, e a de Direitos Humanos será incorporada pela Inclusão Social.
Jackson também anunciou a extinção do cargo de secretário adjunto em todo o governo.

sexta-feira, 28 de novembro de 2014

ENCARCERADOS: Sexo vigiado: visita íntima é separada por lençóis e tem hora marcada

Lá não tem espelho no teto, cama redonda nem música ambiente. É um lugar pouco romântico, onde a privacidade de um encontro íntimo se limita a um lençol separando beliches de alvenaria. Mas Lucas* e Ana* não se importam e, por alguns minutos, esquecem que estão dentro de uma cela no prédio anexo do Presídio Salvador.
Nada de gritos ou gemidos estridentes. Isso porque a cela em que Lucas, 24 anos, a recebe é a mesma que divide com outros quatro detentos. Ali, apenas cortinas feitas com lençóis, chamadas tihanys, separam os casais. Mesmo sem privacidade, eles se relacionam há três anos. 
“Costumamos aumentar o volume da televisão para termos um pouco mais de privacidade”, diz a manicure de 38 anos, que visita Lucas, preso há cinco sob a acusação de homicídio. 
Ele já estava na prisão quando a mulher com quem era casado foi assassinada. Passado esse episódio, Ana começou a visitá-lo a pedido do irmão de Lucas, de quem era amiga. Começou levando comida e documentos do filho dele com a falecida esposa. Hoje o menino é criado por Ana, junto com seus outros cinco filhos.
Dia de visita
No Presídio Salvador, as visitas íntima e social — essa última feita por pais, mães, filhos e irmãos — acontecem nos mesmos dias: as quartas e sábados no prédio principal, e as quintas e domingos no prédio anexo, ambas das 8h às 15h30. 
Nessa unidade do Complexo Penitenciário da Mata Escura,  onde estão 858 presos — 172 a mais do que a capacidade, apenas dois dos cinco presos que dividem a mesma cela podem receber visita íntima no espaço, segundo o major Júlio César, diretor de Segurança Prisional da Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização (Seap).

Visitantes distribuem fichas para organizar fila (Foto: Arisson Marinho)
Quando esse número é maior, outra cela é disponibilizada para os demais casais. Os outros presos ficam no pátio, conversando com familiares ou aguardando o momento em que um agente penitenciário toque um apito, às 15h30, marcando o fim das visitas e o retorno para as celas.
Antes do apito soar, Ana lembra que um dia transava com o companheiro quando o barulho de uma confusão a assustou. Um preso agrediu a esposa após descobrir que ela tinha passado a noite em uma festa. “Ele saiu da cela e uns quinze homens foram pra bater nele. Até passei mal. Nunca tinha visto aquilo”, lembra.
Cronômetro
Na Cadeia Pública, ainda no Complexo Penitenciário, o tempo para o sexo é cronometrado. Cada casal tem apenas quarenta minutos de intimidade na unidade, onde três celas são destinadas apenas para a visita íntima e utilizadas em esquema de revezamento — uma vez por semana para cada preso. 
A duração do encontro é controlada pelos agentes penitenciários, que, com batidas nas grades, sinalizam a hora de acabar. “O tempo é curto, mas não deixo de fazer nada do que eu faria se ele estivesse aqui fora”, conta a recepcionista Joana*, 23, recebida às segundas-feiras por Cleber*, 30, preso há dez meses por tráfico de drogas. 

Cela para visita íntima na Cadeia Pública (Foto: Marina Silva) 
Segundo ela, lingeries e posições inusitadas são as únicas formas de apimentar o sexo no presídio, já que produtos eróticos são proibidos no local.
Para Edmundo Reis, promotor da Vara de Execuções Penais, as visitas íntimas acontecem de formas diferentes no Presídio Salvador e na Cadeia Pública por conta da arquitetura dos prédios. 
“Nas unidades mais antigas, como Presídio Salvador e o Prédio Anexo, as visitas íntimas ocorrem em locais de convivência do preso. Na Cadeia Pública, que é um prédio mais novo, as visitas são recebidas em um espaço reservado. Essas diferenças acabam por criar dois modelos de visita”, explica o promotor.
As visitas íntimas para as pessoas privadas de liberdade têm também papel importante na preservação dos vínculos familiares e afetivos. “O exercício da sexualidade é um direito fundamental. O ser humano não pode pagar pelos erros que cometeu sendo privado desse direito”, afirma  Anderson Fontes, psicólogo e mestre pela Ufba em sexualidade e gênero.
Segundo Fontes, a ausência desses encontros pode desenvolver comportamentos agressivos. “O exercício da sexualidade é uma necessidade humana. A visita é importante para manutenção de vínculos, mas também para a manutenção das suas funções psíquicas”, pondera o psicólogo.
Acampamento
À véspera dos dias de visita, dezenas de mulheres formam filas em frente ao Complexo Penitenciário, onde passam a madrugada, à espera do encontro. É na fila onde começam os preparativos: passam batons e perfumes e conferem maquiagem e o esmalte.
Maiara*, 24, era sempre a número um da fila. Duas vezes por semana, montava uma barraca de camping no ponto de ônibus em frente ao Complexo, onde passava o dia e a noite que antecedia a visita, à espera do encontro com Pablo*, 29, há quatro anos aguardando julgamento por ter cometido um homicídio.

Mulheres montam barracas em frente ao Complexo Penitenciário em véspera de dia de visita (Foto: Arisson Marinho) 
Lá dentro, sexo só depois que descansar da noite mal dormida na fila, de conversas e carícias. Após o sexo, nada de ducha ou chuveiro. Apenas um balde com água estava à disposição da dona de casa em um banheiro dentro da cela.
“Se quisesse tomar banho, tinha que pedir licença. Mas só eles [os presos] podem falar. O meu marido falava 'corredor’, aí o outro preso respondia 'corredor' — caso o banheiro estivesse livre, aí eu podia usar”, contou Maiara, que deixou de ser a primeira da fila. Pablo agora aguarda julgamento em liberdade e junto com Maiara se mudou para o interior. Enfim sós.
Modelo de revista íntima afasta familiar, alerta defensor público
Antes do esperado encontro, Ana, Maiara, Joana e todos os outros visitantes têm de passar por um momento que concordam ser o mais constrangedor: a revista íntima. “A gente tira toda a roupa, agacha três vezes, tosse, faz força. Depois elas [agentes penitenciárias] pedem pra gente abrir as partes íntimas e iluminam com uma lanterna. Depois, passam um detector de metais”, enumera Ana*.
Para o defensor público Pedro Paulo Casali, esse tipo de revista íntima, além de humilhante e vexatória, é perigosa. Segundo ele, esse modelo afasta os familiares do convívio do preso. “Nós [Defensoria Pública] ouvimos várias mulheres que relataram ter deixado de visitar seus maridos por conta da revista. Isso é perigoso porque o Estado não fornece a essas pessoas presas a assistência emocional devida, e é na família que eles encontram essa base”, diz.
No início deste ano, segundo Casali, a Defensoria Pública encaminhou à Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização (Seap) um documento solicitando que detectores portáteis de metais, além de um scanner corporal, fossem adquiridos.  Uma vez em uso, esses equipamentos substituirão o atual modelo de revista manual, que, de acordo com Casali, já foi trocada pela revista eletrônica em estados como Minas Gerais, Goiás e Espirito Santo. A situação está sendo mudada na Bahia, disse o major Júlio César, diretor de Segurança Prisional da Seap. Segundo ele, um novo sistema está em funcionamento no Presídio de Eunápolis. Para as unidades da capital, no entanto, não há prazo para a implantação do scanner corporal.
No Conjunto Penal Feminino, só 26 das 164 presas recebem visita
Se por parte das mulheres a fidelidade aos companheiros faz com que elas formem filas para as visitas na frente de presídios masculinos , o mesmo não ocorre na porta da Feminina — como as detentas chamam o Conjunto Penal Feminino. 
Das 164 presas, apenas 26 mulheres recebem visita íntima, segundo dados da direção do Conjunto. Desse total, 11 são de mulheres cujos maridos estão em liberdade; 12 delas são visitadas por seus companheiros também presos. Outras três recebem as mulheres com quem mantém relacionamento.
Às terças e quintas, a visita íntima ocorre na unidade, em quatro celas. Lá, duas horas é o tempo determinado para a duração do encontro, que vai das 9h às 11h e das 13h às 15h.
Para elas, o direito a visita íntima foi regulamentado pela primeira vez em 1999. Naquele ano, o Projeto de Lei 1.352 estabeleceu parâmetros sobre o direito à visitação, modificando a Lei de Execuções Penais, criada em 1984, e que era pouco específica sobre visita. 
Já para os casais homossexuais, esse direito veio ainda mais tarde. No ano de 2011, o Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária publicou a resolução n°4, assegurando as relações homoafetivas dentro das prisões. 
 * Nomes foram trocados a pedido das fontes

NA ESTRADA DA VIDA

Aprendi que não posso exigir o amor de ninguém...
Posso apenas dar boas razões para que gostem de mim...
E ter paciência para que a vida faça o resto...

FRAM MARQUES

Minha foto

MINHA PÁGINA:

MEU GRUPO: 

MEU SITE:

SIMPLES ASSIM...

HOJE APRENDI QUE VIVER É SER LIVRE, QUE TER AMIGOS É NECESSÁRIO, APRENDI QUE O TEMPO CURA, QUE LUTAR É MANTER-SE VIVO, QUE DECEPÇÃO NÃO MATA, QUE HOJE É REFLEXO DO ONTEM, QUE VERDADEIROS AMIGOS PERMANECEM QUE A DOR FORTALECE, QUE A BELEZA NÃO ESTA NO QUE TEMOS, MAS SIM NO QUE SENTIMOS! , E QUE O SEGREDO DA VIDA É VIVER,

LUTE, SONHE, PERDOE, CONQUISTE CADA SEGUNDO, POIS,
NA VIDA NÃO HÁ RETORNOS:
SÓ RECORDAÇÃO.

SE ALGUM DIA ALGUÉM LHE DISSER QUE SEU TRABALHO NÃO É DE UM PROFISSIONAL, LEMBRE-SE:
AMADORES CONSTRUÍRAM A ARCA DE NOÉ E PROFISSIONAIS CONSTRUÍRAM O TITANIC.
PORTANTO, ANTES DE RECLAMAR, LEMBRE-SE, NÃO SOU PERFEITO, MAS PROCURO A PERFEIÇÃO.




FRAM MARQUES

AS MAIS COMPARTILHADAS NA REDE

AS MAIS LIDAS DA SEMANA