Gilvan Maq-Peças

Gilvan Maq-Peças
Tobias Barreto - Sergipe

TOCA DO ÍNDIO

TOCA DO ÍNDIO
DISTRIBUIDORA DE BEBIDAS

quinta-feira, 24 de julho de 2014

CAMPEÕES DE 94: Dunga anuncia nova comissão técnica do Brasil com Taffarel e Mauro Silva

Um dia após assumir o comando da seleção brasileira, Dunga anunciou nesta quarta-feira, ao lado do coordenador de seleções, Gilmar Rinaldi, a comissão técnica com que vai trabalhar (veja lista completa no fim desta reportagem). Andrey Lopes, que foi seu auxiliar no Internacional, desempenhará a mesma função. Fábio Mahseredjian é o novo preparador físico, e Rodrigo Lasmar continua como médico da seleção. As maiores novidades são os nomes dos tetracampeões Taffarel, como preparador de goleiros, e Mauro Silva, como um segundo auxiliar para as próximas duas partidas, que serão os amistosos contra Equador e Colômbia, em setembro. 

Dunga e Gilmar afirmaram, em transmissão feita na internet, pela CBF TV, que a escolha de Mauro Silva como auxiliar para os próximos dois jogos faz parte de uma iniciativa para utilizar “o DNA dos campeões mundiais”. Eles pensam em chamar outros ex-campeões do mundo para compor a comissão técnica em outras oportunidades.
Anúncio foi feito na tarde desta quarta-feira (Foto: Divulgação/CBF)

"O Mauro Silva será um auxiliar-técnico pontual. Teremos alguns jogadores convidados para nos ajudar. E o Mauro Silva foi o primeiro convidado para esses nossos primeiros jogos" explicou o coordenador de seleções. 

Dunga foi apresentado na terça-feira como novo técnico da seleção brasileira, em substituição a Luiz Felipe Scolari, cujo contrato terminou ao fim do último jogo na Copa de 2014, a derrota por 3 a 0 para a Holanda na disputa do terceiro lugar. ê a segunda vez que o treinador assume o cargo. Na outra oportunidade, substituiu Carlos Alberto Parreira após o fracasso no Mundial de 2006, na Alemanha, e conduziu a equipe ao 6º lugar na Copa seguinte, a de 2010, na àfrica do Sul. 

No comando da seleção Dunga teve 76% de aproveitamento, com 42 vitórias, 12 empates e apenas seis derrotas em 60 partidas. No período de quatro anos de seu trabalho, classificou o Brasil em primeiro lugar nas eliminatórias, conquistou a Copa América, com vitória por 3 a 0 sobre a Argentina na final, e foi campeão também da Copa das Confederações, ao superar os Estados Unidos numa decisão dramática, vencida por 3 a 2. 

O novo treinador, segundo garantiu o coordenador geral de seleções, Gilmar Rinaldi, precisará estar de acordo com a ideia que ganhou ares de urgência nacional após a decepção na Copa em casa: renovar a equipe. Isso significa aproveitar jogadores jovens. Levando-se em conta o trabalho anterior à frente da seleção - de 2006 ao fim da Copa de 2010 -, as credenciais do técnico não apontam exatamente nessa direção. 

"A filosofia de trabalho é simples: vamos priorizar a base e a nossa qualidade coletiva" afirmou Gilmar, durante a apresentação do treinador. 

Dunga levou ao Mundial da àfrica do Sul o elenco com a média de idade mais alta da seleção brasileira em todos os Mundiais: 28,7. O técnico convocou jogadores sem perspectiva de participarem de outras Copas, como os estreantes Josué, de 30 anos, e Grafite, de 31. Além deles, também fizeram parte da equipe o campeão mundial Kléberson, também com 31, e o lateral-esquerdo Gilberto, que participara da Copa de 2006. Todos eles foram reservas em 2010. No Brasil, ficaram Paulo Henrique Ganso (20), Alexandre Pato (20), Neymar (18) e Marcelo (22), jogadores que poderiam ganhar experiência pensando em participações futuras em Copas. 

As deficiências no trabalho de renovação também aparecem no número baixo de jogadores estreantes que permaneceram na seleção para o Mundial seguinte. Dos convocados por Dunga que nunca haviam disputado uma Copa, apenas quatro estiveram com Felipão em 2014: Maicon, Daniel Alves, Thiago Silva e Ramires.

A COMISSâO TêCNICA COMPLETA 

Assistente técnico - Andrey Lopes 
Assistente técnico pontual - Mauro Silva 
Preparador físico - Fabio Mahseredjian 
Preparador de goleiros - Claudio Taffarel 
Médico - Rodrigo Lasmar 
Fisioterapeuta - Odir de Souza 
Administrador - Guilherme Ribeiro 
Assessor de comunicação e imprensa - Vinicius Rodrigues
 Analista de desempenho tático - Fernando Lázaro Alves 
Chefe de segurança - Moacyr Alcoforado 
Massagista - Sergio Luís Oliveira 
Roupeiro - Manuel Carvalho de Souza 
Roupeiro - Waldecir Leandro do Nascimento

Nenhum comentário:

NA ESTRADA DA VIDA

Aprendi que não posso exigir o amor de ninguém...
Posso apenas dar boas razões para que gostem de mim...
E ter paciência para que a vida faça o resto...

AS MAIS COMPARTILHADAS NA REDE

AS MAIS LIDAS DA SEMANA