Gilvan Maq-Peças

Gilvan Maq-Peças
Tobias Barreto - Sergipe

TOCA DO ÍNDIO

TOCA DO ÍNDIO
DISTRIBUIDORA DE BEBIDAS

quarta-feira, 13 de março de 2019

Antiética: 5 empresas envolvidas em escândalos recentes


1. Coca-ColaUma fábrica engarrafadora da Coca-Cola foi fechada temporariamente na região norte da China depois da notícia, divulgada hoje, de que foi detectada a presença de cloro no refrigerante. A agência de inspeção de qualidade de produtos da província de Shanxi (norte) ordenou a abertura de uma investigação. "Uma inspeção no local, uma análise das mostras e entrevistas com os funcionários, assim como outras provas confirmaram a veracidade das informações", afirmaram as autoridades. Um porta-voz da Coca-Cola declarou que “os níveis de cloro eram muito inferiores aos limites fixados pela Organização Mundial da Saúde (OMS), Estados Unidos, União Europeia e até pela China para a água potável".

Uma reportagem do New York Times revelou como a Apple tem feito para driblar bilhões de dólares em impostos nas suas operações nos Estados e em outros países. Segundo Martin A. Sullivan, um ex-economista do Tesouro americano, sem as táticas utilizadas para a gestão dos impostos, a empresa liderada por Tim Cook teria deixado pelo menos mais 2,4 bilhões de dólares em taxas federais nos EUA no ano passado. A empresa declarou ter pagado 3,3 bilhões de dólares em impostos ao redor do mundo em 2011 sobre os lucros de 34,2 bilhões de dólares, uma taxa de 9,8%. A companhia declara que 30% dos lucros vêm dos Estados, caso o percentual pulasse para 50%, os pagamentos saltariam em 2,4 bilhões de dólares. “É razoável esperar que 70% dos lucros viriam dos Estados Unidos”, calcula.

3. WalmartMaior rede de varejo do mundo, a americana Walmart foi acusada, pelo New York Times, de pagar 24 milhões dólares para acelerar aprovação de construção de suas lojas no México. A empresa poderá ter de pagar centenas de milhões de dólares em despesas legais e às sanções para resolver as acusações de suborno generalizado. A subsidiária teria pago até 24 milhões de dólares, desde 2005, em subornos para acelerar a aprovação de licenças para construção de lojas. O objetivo era manter a liderança no país e construir lojas com rapidez tal que evitasse o avanço de qualquer concorrente. As alegações surgem em um momento em que o Departamento de Justiça tem sido o combate à corrupção estrangeira. Depois das acusações, a empresa já criou um cargo de vigilância contra subornos e disse que irá cooperar para encontrar e punir culpados dentro da empresa. Mas nada ainda foi suficiente para fazer com que as ações da empresa parem de cair, nem para barrar novas suspeitas de subornos em outras regiões. 

4. Construção da DeltaAcusada de superfaturar obras públicas, fraudar documentos e pagamento de propinas, a construtora Delta está tendo de explicar às autoridades um pouco de como angariou uma atuação de sucesso meteórico nos últimos anos – e lidar com uma falta de captação de recurso que a está levando à beira da bancarrota. Este mês, a empresa anunciou que irá abandonar o consórcio que conduz as obras de reforma do Maracanã e também o grupo de empreiteiras que constrói a faixa exclusiva de ônibus Transcarioca, um dos projetos de infraestrutura para os Jogos Olímpicos de 2016. Com inúmeros contratos fechados com o governo público, a empreiteira de Fernando Cavendish multiplicou seu faturamento de 67 milhões de reais para 3 bilhões de reais desde sua criação em nove anos. Um levantamento feito pela ONG Contas Abertas mostra que, apenas em obras contratadas pelo governo federal, a Delta arrecadou nesse período 4 bilhões de reais. 

5. Best BuyEm um primeiro momento, a renúncia do então CEO da Best Buy, Brian Dunn, foi justificada pelo período crítico que a maior varejista de produtos eletrônicos dos Estados Unidos enfrenta. No mês passado, a empresa chegou a admitir que precisava reformular seu modelo de negócio. Mas outra razão veio à tona: Dunn estava sendo investigado por conduta pessoal. O presidente-executivo Brian Dunn renunciou abruptamente ao comando da maior rede de lojas de eletrônicos do mundo, durante uma investigação da companhia sobre alegações de má conduta pessoal. "A demissão de Brian certamente teve um efeito sobre a investigação, mas a investigação permanece aberta", disse o porta-voz do Conselho da Best Buy, Greg Hitt.
FONTE: EXAME

Nenhum comentário:

NA ESTRADA DA VIDA

Aprendi que não posso exigir o amor de ninguém...
Posso apenas dar boas razões para que gostem de mim...
E ter paciência para que a vida faça o resto...

FRAM MARQUES

Minha foto

MINHA PÁGINA:

MEU GRUPO: 

MEU SITE:

SIMPLES ASSIM...

HOJE APRENDI QUE VIVER É SER LIVRE, QUE TER AMIGOS É NECESSÁRIO, APRENDI QUE O TEMPO CURA, QUE LUTAR É MANTER-SE VIVO, QUE DECEPÇÃO NÃO MATA, QUE HOJE É REFLEXO DO ONTEM, QUE VERDADEIROS AMIGOS PERMANECEM QUE A DOR FORTALECE, QUE A BELEZA NÃO ESTA NO QUE TEMOS, MAS SIM NO QUE SENTIMOS! , E QUE O SEGREDO DA VIDA É VIVER,

LUTE, SONHE, PERDOE, CONQUISTE CADA SEGUNDO, POIS,
NA VIDA NÃO HÁ RETORNOS:
SÓ RECORDAÇÃO.

SE ALGUM DIA ALGUÉM LHE DISSER QUE SEU TRABALHO NÃO É DE UM PROFISSIONAL, LEMBRE-SE:
AMADORES CONSTRUÍRAM A ARCA DE NOÉ E PROFISSIONAIS CONSTRUÍRAM O TITANIC.
PORTANTO, ANTES DE RECLAMAR, LEMBRE-SE, NÃO SOU PERFEITO, MAS PROCURO A PERFEIÇÃO.




FRAM MARQUES

AS MAIS COMPARTILHADAS NA REDE

AS MAIS LIDAS DA SEMANA