Seguidores Vip

SEGUIDORES VIP

domingo, 9 de agosto de 2015

Um dia após a morte de Playboy, policiamento é reforçado na Pedreira

Um dia após a morte de Playboy, policiamento é reforçado na Pedreira (Foto: Guilherme Pinto/EXTRA/Agência O Globo)Um dia após a morte de Playboy, policiamento é reforçado na Pedreira (Foto: Guilherme Pinto/EXTRA/Agência O Globo)
O Comando de Operações Especiais da PM está nos acessos e no interior do conjunto de favelas da Pedreira desde as primeiras horas deste domingo (9). O reforço ocorre um dia após a morte do traficante Celso Pinheiro Pimenta, o Playboy, dentro da comunidade. A PM anunciou que a comunidade seria ocupada por tempo indeterminado.

Além do 41º BPM (Irajá), reforçam o policiamento o Batalhão de Operações Especiais (Bope), o Batalhão de Choque ( BPChoque), o Batalhão de Ações com Cães (Bac) e o Grupamento Aeromóvel (GAM). O patrulhamento está intensificado com ronda de viaturas.

Em abril, o secretário de Segurança, José Mariano Beltrame, anunciou que a PM ocuparia os morros do Chapadão e da Pedreira. Na época, no entanto, não havia um cronograma para que isso acontecesse.
 
O Comandante do 41°BPM, Tenente Coronel Marcos Netto informou que policiais estão no local para "garantir a segurança dos moradores da região". De acordo com policiais que atuam na região, o clima era tranquilo no início da tarde deste domingo.

O enterro de Playboy será realizado na tarde deste domingo, no cemitério do Catumbi, na Zona Norte do Rio. O corpo dele deixou o Instituto Médico Legal às 12h05. Os familiares sairam com o rosto coberto e sem falar com a imprensa.
Movimentação na comunidade da Pedreira, em Costa Barros, na Zona Norte do Rio de Janeiro, na manhã deste domingo (9). (Foto: Paulo Araújo/Agência O Dia/Estadão Conteúdo)Movimentação na comunidade da Pedreira, em Costa Barros, na Zona Norte do Rio de Janeiro, na manhã deste domingo (9). (Foto: Paulo Araújo/Agência O Dia/Estadão Conteúdo)

Crimes cometidos
O criminoso era um dos chefes do Morro da Pedreira, e o último remanescente da quadrilha de Pedro Machado Lomba Neto, o Pedro Dom, que durante anos aterrorizou moradores do Rio de Janeiro, invadindo residências para assaltar, segundo o Disque Denúncia.
Pedro Dom, um jovem de classe média que mergulhou no crime, foi morto pela polícia na Lagoa, Zona Sul, em 2005. Playboy atuava também na comunidade da Lagartixa, em Costa Barros, na Zona Norte.
Ainda segundo o Disque Denúncia, Playboy teria comandado o grupo de cerca de 50 criminosos de uma facção criminosa, que saíram do Caju para tomar o comando do tráfico de drogas das Vilas do João e Pinheiros, no Complexo da Maré, Zona Norte, dominadas por outra facção criminosa.

Entre os crimes que teriam sido ordenados por Playboy estão a invasão de um complexo esportivo, onde bandidos ostentaram fuzis imitando "nado sincronizado" e a invasão de um depósito público de onde foram roubadas dezenas de motos.
Segundo os investigadores, o traficante ainda provocou numa gravação após a invasão da piscina: “Quem tá falando aqui é o Playboy, pô, ó! Adorei a piscina, adorei a piscina. Esculachou, se ligou. Mó complexão, tá tudo dominado”, revelou a gravação. Além dele, a polícia identificou Emerson Brasil como o braço direito do criminoso.
Outra bravata que teria o envolvimento de Playboy foi o roubo de 193 motos de dentro de um galpão terceirizado do Departamento de Transportes Rodoviários do Rio (Detro) na madrugada do dia 31 de dezembro, em Fazenda Botafogo, Zona Norte do Rio. O caso foi revelado pelo jornal Extra.
O departamento confirmou o caso para o Bom Dia Brasil. No depósito ficam motos rebocadas por irregularidades. Cem bandidos participaram da invasão ao local e, ainda de acordo com o Extra, não houve reação por parte dos funcionários do galpão porque mulheres e crianças foram usadas como escudo pelos bandidos. Um dia depois, metade das motos roubadas foram devolvidas.
Outra ação ousada que teria sido comandada por Celso foi uma grande festa realizada na véspera do aniversário de 450 anos do Rio no Morro da Pedreira, em Costa Barros, no Subúrbio da cidade. De acordo com o delegado que apura o caso, Rui Barbosa, da 39ª (Pavuna) esforços de inteligência foram feitos para apurar o caso.
“Estamos apurando o caso, temos que ficar atentos. Já instauramos um inquérito e estamos trabalhando com o serviço de inteligência da polícia. Temos que ter calma porque se trata de um grande evento”, disse.
O reforço ocorre um dia após a morte do traficante Celso Pinheiro Pimenta, o Playboy, dentro da comunidade.  (Foto: Paulo Araújo/Agência O Dia/Estadão Conteúdo)O reforço ocorre um dia após a morte do traficante Celso Pinheiro Pimenta, o Playboy, dentro da comunidade. (Foto: Paulo Araújo/Agência O Dia/Estadão Conteúdo)
Postar um comentário

NA ESTRADA DA VIDA

Aprendi que não posso exigir o amor de ninguém...
Posso apenas dar boas razões para que gostem de mim...
E ter paciência para que a vida faça o resto...

FRAM MARQUES

Minha foto

MINHA PÁGINA:

MEU GRUPO: 

MEU SITE:

SIMPLES ASSIM...

HOJE APRENDI QUE VIVER É SER LIVRE, QUE TER AMIGOS É NECESSÁRIO, APRENDI QUE O TEMPO CURA, QUE LUTAR É MANTER-SE VIVO, QUE DECEPÇÃO NÃO MATA, QUE HOJE É REFLEXO DO ONTEM, QUE VERDADEIROS AMIGOS PERMANECEM QUE A DOR FORTALECE, QUE A BELEZA NÃO ESTA NO QUE TEMOS, MAS SIM NO QUE SENTIMOS! , E QUE O SEGREDO DA VIDA É VIVER,

LUTE, SONHE, PERDOE, CONQUISTE CADA SEGUNDO, POIS,
NA VIDA NÃO HÁ RETORNOS:
SÓ RECORDAÇÃO.

SE ALGUM DIA ALGUÉM LHE DISSER QUE SEU TRABALHO NÃO É DE UM PROFISSIONAL, LEMBRE-SE:
AMADORES CONSTRUÍRAM A ARCA DE NOÉ E PROFISSIONAIS CONSTRUÍRAM O TITANIC.
PORTANTO, ANTES DE RECLAMAR, LEMBRE-SE, NÃO SOU PERFEITO, MAS PROCURO A PERFEIÇÃO.




FRAM MARQUES

AS MAIS COMPARTILHADAS NA REDE

AS MAIS LIDAS DA SEMANA