Gilvan Maq-Peças

Gilvan Maq-Peças
Tobias Barreto - Sergipe

TOCA DO ÍNDIO

TOCA DO ÍNDIO
DISTRIBUIDORA DE BEBIDAS

quinta-feira, 2 de julho de 2015

AVIÕES DA AZUL E DA GOL QUASE SE CHOCAM PRÓXIMO A BARREIRAS; CONTROLADOR DE TRÁFEGO É AFASTADO


Dois voos comerciais que sobrevoavam o Estado da Bahia na tarde deste domingo (28) ficaram a apenas 60 metros de distância um do outro em pleno ar. As aeronaves comerciais operadas pela Azul e Gol quase se chocaram no ar quando se cruzaram. A distância mínima recomendada pelas autoridades aeronáuticas é de 300 metros, cinco vezes maior do que o registrado entre os dois aviões.

O incidente envolveu um modelo ATR 72-600 da Azul Linhas Aéreas que fazia o voo AD 2662, de Barreiras (BA) à capital baiana e o Gol 1884, com destino a Aracaju. Por volta das 15h40 o comandante do Boeing 737-800 da Gol que acabara de decolar do aeroporto Luis Eduardo Magalhães com destino à capital sergipana chamou a torre para reportar o incidente. Torre, Gol 1884 encontrou tráfego aqui a 200 pés [60 metros] passando aqui embaixo.

Apesar da baixa qualidade da gravação disponibilizada pelo site FlightRadar24, ao qual o R7 teve acesso, é possível ouvir a operadora da torre de controle dando uma resposta padrão com coordenadas de voo.

Na sequência, a operadora é repreendida pelo comandante da Gol. Precisamos de algo imediato (...) tem que encontrar um eixo aqui pra gente livre de colisão, minha querida. No mapa disponibilizado online com as rotas percorridas pelos aviões também é possível ver que uma aeronave passou sobre outra, separadas por uma distância irregular. No momento do incidente, o Boeing da Gol voava a 378 nós (700 km/h) e o ATR da Azul se encontrava a 216 nós (400 km/h). Um choque a essas velocidades provavelmente seria fatal para todos a bordo.

A responsabilidade pela organização do tráfego próximo aos aeroportos é do DECEA, o Departamento de Controle do Espaço Aéreo. O órgão, no entanto, não respondeu em tempo hábil a solicitação do R7 para comentar a informação.

Procurada, a Azul explicou que a única anormalidade registrada no voo 2662 foi um atraso de 40 minutos na decolagem de Barreiras por problemas técnicos e negou o incidente com o Gol.

Em nota, a Gol esclareceu que na tarde de ontem, a aeronave que fazia o G3 1884 (Salvador – Aracaju), se manteve durante todo o trajeto a uma distância segura de outras aeronaves, não havendo nenhum alerta dos sistemas de bordo.

Fonte: R7 / ARILDO LEONE


Nenhum comentário:

NA ESTRADA DA VIDA

Aprendi que não posso exigir o amor de ninguém...
Posso apenas dar boas razões para que gostem de mim...
E ter paciência para que a vida faça o resto...

AS MAIS COMPARTILHADAS NA REDE

AS MAIS LIDAS DA SEMANA