Gilvan Maq-Peças

Gilvan Maq-Peças
Tobias Barreto - Sergipe

TOCA DO ÍNDIO

TOCA DO ÍNDIO
DISTRIBUIDORA DE BEBIDAS

segunda-feira, 22 de junho de 2015

Quase 1/3 dos deputados estaduais brasileiros não cursou faculdade

  • Fernando Donasci/Folhapress
    Assembleia Legislativa de São Paulo: 73% dos estaduais paulistas foram à faculdade
    Assembleia Legislativa de São Paulo: 73% dos estaduais paulistas foram à faculdade
Carlos Eduardo Cherem
Do UOL, em Belo Horizonte
Dos 1.059 deputados estaduais eleitos em 2014 (incluindo os 24 deputados distritais), 30% (313) não cursou faculdade.
Do total, 4% (46) têm somente o fundamental e 0,5% (cinco) são alfabetizados, leem e escrevem somente. Outros 24% (253) fizeram só o ensino médio.
Os números das assembleias legislativas repetem o grau de instrução do país. De acordo com dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), divulgados na pesquisa Pnad de 2013, somente 8% (16,4 milhões) dos 200 milhões de brasileiros concluíram um curso superior. Outros 7,3 milhões (4%) possuem curso superior incompleto; 20% (41 milhões) das pessoas concluíram o ensino médio; 17,7 milhões (9%) têm o ensino fundamental e 39,4 milhões não têm nenhuma instrução.
O levantamento foi feito pelo UOL a partir dos dados dos candidatos estaduais eleitos em 2014, do TSE (Tribunal Superior Eleitoral).
Os índices de deputados estaduais com curso superior nos Estados variam de algo em torno de 65% a 75%, dependendo da unidade federativa.
Os deputados estaduais com menor grau de instrução no país são os de Rondônia: dos 24 deputados estaduais, apenas sete (29%) têm o terceiro grau. Outros 11 (46%) parlamentares do Estado têm o ensino médio e seis (25%) têm somente o fundamental.
Na outra ponta, aparecem o Piauí e o Espírito Santo. Dos 30 deputados estaduais capixabas, 26 (87%) têm diploma de curso superior, mesmo índice no Piauí, que também tem 30 cadeiras e 26 (87%) deputados que cursaram faculdade.
Rio de Janeiro tem 53 (76%) dos 70 parlamentares com curso superior. Em São Paulo, são 69 (73%), contra quatro (5%) que cursaram somente o fundamental. Outros 21 (22%) parlamentares paulistas possuem o ensino médio.
Em Minas Gerais, 58 (75%) dos 77 deputados estaduais têm diploma de curso superior, enquanto 15 (19%) concluíram apenas o ensino médio.
A diferença de grau de instrução entre os deputados estaduais do Mato Grosso e do Mato Grosso do Sul são acentuadas. Enquanto 20 (84%) parlamentares do Mato Grosso do Sul cursaram faculdade, somente 11 (46%) deputados estaduais do Mato Grosso têm diploma universitário. Cada um desses dois Estados tem 24 deputados estaduais.
Situação parecida acontece no Distrito Federal (24 deputados distritais) e emGoiás (41 deputados estaduais). Enquanto 28 (68%) dos deputados estaduais goianos têm curso superior, esse índice chega a 84% (20) entre os 24 deputados distritais.
No Sul, o destaque fica por conta do Paraná: 40 (74%) dos 54 deputados estaduais paranaenses cursaram faculdade.

Nenhum comentário:

NA ESTRADA DA VIDA

Aprendi que não posso exigir o amor de ninguém...
Posso apenas dar boas razões para que gostem de mim...
E ter paciência para que a vida faça o resto...

AS MAIS COMPARTILHADAS NA REDE

AS MAIS LIDAS DA SEMANA