Seguidores Vip

SEGUIDORES VIP

terça-feira, 9 de dezembro de 2014

Vira-vira! Sorocaba vence Orlândia na prorrogação, e Falcão leva sua 9ª Liga

Por Uberlândia, MG

O tricampeonato inédito estava muito próximo. Depois de perder o primeiro jogo da final por 4 a 2, o Orlândia fez sua parte, venceu a segunda partida por 5 a 2, levou o duelo para a prorrogação e abriu 2 a 0 logo de cara para colocar uma mão na taça, no ginásio Sabiazinho, em Uberlândia (MG). O problema é que do outro lado tinha um camisa 12, Falcão, que tentava sua nona conquista de Liga Futsal na carreira. O Sorocaba não desistiu, virou o placar no tempo extra, fez 4 a 3 com um gol salvador de Foglia e, em sua estreia no campeonato, conquistou o título de campeão de 2014. Assista aos 14 gols do jogão!
Foi a nona taça em onze finais disputadas da liga nacional por Falcão. Os títulos saíram em 1999, 2005, 2007, 2008, 2010, 2011, 2012, 2013 e 2014. Poupado no primeiro jogo da decisão, o ala do Sorocaba anotou dois gols na noite desta segunda-feira e chegou aos 19 para terminar o ano como o artilheiro da Liga Futsal. Tiago, Rodrigo, Xuxa e Foglia também marcaram para os campeões. Caio, Cabreúva, Vinicius, Jackson, Renan, Dieguinho e Marinho (2) fizeram os gols do Orlândia.
- Todo título tem um sabor especial. Cada um tem a sua história, sua responsabilidade. São pessoas diferentes, mas o compromisso com a vitória é sempre o mesmo. Isso me motiva estar aqui hoje, com 37 anos, conseguindo ser decisivo e jogando na base do sacrifício. Isso valoriza ainda mais o jeito que a gente ganhou, a equipe que a gente ganhou, temos que tirar o chapéu para os caras. Ser vencedor é muito bom. E todo ano que começa quero ser vencedor - disse Falcão.
Falcão e Rodrigo Sorocaba campeão Liga Futsal 2014 (Foto: Divulgação / Brasil Kirin)Falcão e Rodrigo com troféu e medalhas de campeão da Liga (Foto: Divulgação / Brasil Kirin)
O JOGO
O jogo começou equilibrado, com os dois times alternando bons momentos. A primeira finalização foi do Orlândia, com Vinicius. O Sorocaba respondeu com Rodrigo em cobrança de falta defendida por Guitta. Aos três, Ciço avançou pela direita e mandou a bomba. Tiago espalmou, e Cabreúva por muito pouco não abriu o placar no rebote. O Orlândia seguiu pressionando. Aos cinco, Cabreúva limpou a marcação e bateu rasteiro. Tiago segurou. Um minuto depois, foi a vez de Jackson colocar o goleiro sorocabano para trabalhar. Dessa vez ele tirou com a ponta dos dedos.
Orlândia X Sorocaba (Foto: Marcio Damião / Divulgação)Cabreúva comanda o ataque do Orlândia e a vitória no tempo normal (Foto: Marcio Damião / Divulgação)
Refeito do susto, o Sorocaba voltou a levar perigo aos sete. Em cobrança de falta ensaiada, Rafa ficou cara a cara com Guitta, que conseguiu fechar o ângulo e fazer a defesa. Aos sete, enfim, saiu o primeiro zero do placar. Após cobrança de escanteio da esquerda, Jackson mandou uma bomba de pé direito para fazer 1 a 0 para o Orlândia. A desvantagem fez o técnico Vander Iacovino adiantar a sua equipe. Aos 10, Xuxa finalizou duas vezes em sequência, ambas defendidas por Guitta. Com Falcão em quadra, o Sorocaba levou perigo aos 11, em bola desviada por Fellipe Mello.
Aos 15, Vinicius desperdiçou ótima chance para ampliar. Em cobrança de escanteio da esquerda, o camisa 77 orlandino recebeu sozinho, mas tocou para fora. Segundos depois, Cabreúva ganhou dividida com Rodrigo, e a bola sobrou novamente para Vinicius, que encheu o pé. Tiago voou para salvar o Sorocaba. Não bastasse as boas defesas, Tiago conseguiu o que parecia improvável. Em descida ao ataque, o goleiro arriscou o chute, e a bola passou por baixo das pernas de Guitta. Era o gol de empate do time de Falcão. O Orlândia não se abateu e voltou a passar à frente no marcador segundos depois. Após cobrança de lateral de Ciço, Dieguinho apareceu para escorar e fazer 2 a 1, placar da etapa.
O Sorocaba voltou para o segundo tempo pressionando. Logo no primeiro minuto, Falcão serviu Rodrigo, que bateu de pé trocado no canto. Guitta se esticou para desviar para escanteio. Um minuto depois, Xuxa fez jogada individual e finalizou forte para mais uma intervenção do goleiro orlandino. O time alvigrená só foi acordar aos quatro. Após desarme de Vinicius em Falcão, a bola chegou limpa a Gadeia, que chutou para a defesa de Tiago.  Aos seis, Tatu lançou Rafa na frente. O camisa 13 dominou sozinho, mas concluiu torto, para fora.
Falcão, Orlândia X sorocaba (Foto: Danilo Camargo / Divulgação)Falcão comemora gol do Sorocaba
(Foto: Danilo Camargo / Divulgação)
Quando os times pareciam já dosar as forças pensando na prorrogação, Jackson fez bonita jogada pela direita, bateu cruzado, e Cabreúva apareceu para desviar para as redes: 3 a 1 para o Orlândia, aos 10 minutos. O gol mudou completamente o panorama da partida. Tentando definir o título ainda no tempo normal, Vander Iacovino lançou Falcão como goleiro-linha.  Um minuto depois, Rafa aproveitou boa tabela e finalizou da esquerda. Guitta pegou com segurança.
A quatro do fim, Fellipe Mello recebeu o segundo cartão amarelo e acabou deixando o Sorocaba com um jogador a menos pelos dois minutos seguintes. Na primeira boa trama do ataque orlandino, Vinicius dominou na entrada da área e tocou na saída de Tiago para fazer 4 a 1, praticamente sacramentando a prorrogação.  A um minuto do término do tempo normal, Pimpolho sofreu a sexta falta coletiva do Orlândia, e Falcão teve a chance do tiro livre direto. Na cobrança, o camisa 12 tirou do goleiro reserva Di Fanti – que entrara apenas para o lance – e diminuiu para 4 a 2. Na sequência, porém, Renan fez o quinto da equipe alvigrená, definindo o resultado do tempo normal.
PRORROGAÇÃO
A prorrogação mal começou, e o Orlândia já saiu na frente, gol do capitão Marinho. Obrigado a virar o placar para ser campeão, o Sorocaba se mandou todo para o ataque e acabou levando o segundo, com Caio. O time de Falcão não desistiu e conseguiu diminuir aos três, gol de Rodrigo, de cabeça. Ainda deu tempo para Marinho e Falcão anotarem mais um para cada lado, fechando o placar da etapa em incríveis 3 a 2 a favor dos orlandinos.
Com Tatu como goleiro-linha, o Sorocaba conseguiu o empate logo na primeira jogada do segundo tempo. O autor do gol foi Xuxa, aproveitando bate-rebate na área adversária. Aos dois, Falcão teve a chance do que seria o gol do título, mas Guitta salvou o Orlândia. No lance seguinte, porém, Adriano Foglia apareceu para fazer o gol que deixou o Sorocaba em vantagem. O Orlândia voltou com Jackson como goleiro-linha e pressionou até o fim. No entanto, o Sorocaba se trancou na defesa e conseguiu conquistar o épico título com a vitória por 4 a 3 na prorrogação.
Escalações:
Orlândia: Guitta, Ciço, Cabreúva, Vinicius  e Caio. Entraram: Marinho, Junai, Jackson, Gadeia, Dieguinho, Diece, Lukaian, Renan e Di Fanti. Técnico: Cidão
Sorocaba: Tiago, Ricardinho, Bruno Souza, Tatu e Mauricinho. Entraram: Rodrigo, Falcão, Xuxa, Rafa, Fellipe Mello, Adriano Foglia e Pimpolho. Técnico: Vander Iacovino.
Postar um comentário

NA ESTRADA DA VIDA

Aprendi que não posso exigir o amor de ninguém...
Posso apenas dar boas razões para que gostem de mim...
E ter paciência para que a vida faça o resto...

FRAM MARQUES

Minha foto

MINHA PÁGINA:

MEU GRUPO: 

MEU SITE:

SIMPLES ASSIM...

HOJE APRENDI QUE VIVER É SER LIVRE, QUE TER AMIGOS É NECESSÁRIO, APRENDI QUE O TEMPO CURA, QUE LUTAR É MANTER-SE VIVO, QUE DECEPÇÃO NÃO MATA, QUE HOJE É REFLEXO DO ONTEM, QUE VERDADEIROS AMIGOS PERMANECEM QUE A DOR FORTALECE, QUE A BELEZA NÃO ESTA NO QUE TEMOS, MAS SIM NO QUE SENTIMOS! , E QUE O SEGREDO DA VIDA É VIVER,

LUTE, SONHE, PERDOE, CONQUISTE CADA SEGUNDO, POIS,
NA VIDA NÃO HÁ RETORNOS:
SÓ RECORDAÇÃO.

SE ALGUM DIA ALGUÉM LHE DISSER QUE SEU TRABALHO NÃO É DE UM PROFISSIONAL, LEMBRE-SE:
AMADORES CONSTRUÍRAM A ARCA DE NOÉ E PROFISSIONAIS CONSTRUÍRAM O TITANIC.
PORTANTO, ANTES DE RECLAMAR, LEMBRE-SE, NÃO SOU PERFEITO, MAS PROCURO A PERFEIÇÃO.




FRAM MARQUES

AS MAIS COMPARTILHADAS NA REDE

AS MAIS LIDAS DA SEMANA