Gilvan Maq-Peças

Gilvan Maq-Peças
Tobias Barreto - Sergipe

TOCA DO ÍNDIO

TOCA DO ÍNDIO
DISTRIBUIDORA DE BEBIDAS

sábado, 26 de janeiro de 2013

Tubarão fica preso em rede e é capturado na Ilha do Mel, no Paraná



Tubarão foi pescado na Ilha do Mel, no litoral do Paraná, na sexta-feira (25) (Foto: Marcello Gonzaga)
O internauta Marcello Luiz Albini Gonzaga, de 33 anos, enviou uma foto de um cação pescado na sexta-feira (25), na Ilha do Mel, no litoral do Paraná, por um pescador da região. De acordo com Gonzaga, o peixe pesava 420 kg.
O pescador, segundo o internauta, precisou amarrar a rede na borda do barco para transportar o tubarão até a Ilha de Piaçaguera, onde mora. Lá, pegou um barco maior para levá-lo atéParanaguá, também no litoral. “Ele estava pescando outros peixes quando o cação se embolou na rede dele”, contou.
O cação foi cortado em 270 pedaços e vendido no Mercado Municipal da cidade por R$ 15 o quilo.
O internauta contou que o tubarão chamou a atenção de várias pessoas que passavam pelo local. "Todo mundo queria tirar foto", disse.
O biólogo e mestre em zoologia, Hugo Bornatowski, especialista em tubarões na costa litorânea do Paraná, disse que o cação não é um peixe “tão comum” no litoral no estado. “Já vi casos dessa espécie na Ilha do Mel, Superagui, Matinhos e Ipanema [praias do Paraná]”.
Segundo o especialista, os cações são mais comuns durante a primavera e o verão, junto com o tubarão martelo. O biólogo garantiu que eles não são agressivos. “Não tem registro de ataque no Paraná nos últimos 30 anos”, afirmou.
“Eu, particularmente, nunca tinha ouvido falar de um cação com esse peso”, relatou. De acordo com Bornatowski, os tubarões dessa espécie medem até três metros e meio podendo pesar 250 kg.
G1

Nenhum comentário:

NA ESTRADA DA VIDA

Aprendi que não posso exigir o amor de ninguém...
Posso apenas dar boas razões para que gostem de mim...
E ter paciência para que a vida faça o resto...

AS MAIS COMPARTILHADAS NA REDE

AS MAIS LIDAS DA SEMANA